http://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2015/09/mosquito-da-dengue-e1499197068630.jpg

PASSA BEM

Secretaria de Saúde de Mato Grosso confirma primeiro caso de Zika Vírus no estado

Divulgação

A Secretaria de Estado de Saúde, por meio da Vigilância Epidemiológica, confirma o primeiro caso de Zika Vírus ocorrido em Mato Grosso.

Trata-se de um homem de 52 anos, morador do bairro Nossa Senhora Aparecida, em Cuiabá, que apresentou sintomas em julho deste ano. Ele passa bem.

A amostra de sangue do paciente foi enviada ao laboratório Evandro Chagas, no Pará, que confirmou a contaminação pelo vírus.

A doença é transmitida pelo mosquito Aedes aegypti, o mesmo que transmite a dengue e a febre chikungunyia .

Já foram enviadas para diagnóstico diferencial 160 amostras ao MT Laboratório, destas 45 encontra-se em análise, 68 exames foram descartados por ausência de critérios clínicos epidemiológicos. T

rinta e três estão aguardando triagem e 14 exames foram liberados, sendo um positivo.

Os sintomas da zika vírus, dengue e febre chikungunyia, são parecidos. Geralmente, o paciente apresenta febre, dor de cabeça, dores no corpo e nas articulações, além de manchas na pele.

A fotofobia é uma das características diferenciais da doença, assim como manchas nas palmas das mãos e nas plantas dos pés, e conjuntivite sem secreção e coceira.

Cuidados

A eliminação dos criadouros ainda é a principal ação no combate às doenças. A principal medida de prevenção é evitar água parada em qualquer tipo de recipiente.

Além disso, é preciso manter os quintais e terrenos sempre limpos e as caixas d´águas devidamente fechadas.

Recomenda-se ao paciente que apresentar sinais e sintomas das doenças procurar imediatamente os serviços de saúde e evitar o uso medicamentos sem prescrição médica.

Veja Mais


ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO

  • 24 de junho de 2019 às 10:03:10