http://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2015/09/polícia-civil.jpg

Unimed Maio
Cuiabá, domingo, 19 de maio de 2019

40 MIL EM MERCADORIAS

Trio é preso pela polícia acusado de roubar eletrodomésticos da Gazin

DA REDAÇÃO

Vários produtos roubados da loja Gazin, na madrugada de segunda-feira (28.09), foram recuperados pela Polícia Judiciária Civil, nesta quarta-feira (30.09), em dois pontos diferentes da Capital.

Na ação, da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf), três pessoas acusadas de envolvimento com o crime foram presas em flagrante e um veículo comprado pelos criminosos com o dinheiro roubado da loja foi apreendido.

Os acusados R. S. dos S., 30, A. R. A., 24, e V. K. M. de B. A., 21, foram autuados em flagrante pelos crimes de receptação e associação criminosa.

No momento da prisão, Augusto apresentou documento falso e responderá também pelos crimes de falsificação de documento público, identidade falsa, uso de documento falso e falsidade ideológica.

O roubo aconteceu na madrugada de segunda-feira (28), quando criminosos invadiram a loja Gazin da Avenida Carmindo de Campos.

Os autores do roubo entraram pelo telhado da loja e arrombaram o cofre, roubado dinheiro e diversos produtos, entre TVs, celulares e aparelhos de DVDs para veículos.

A Delegacia de Roubos e Furtos foi acionada e deu início as investigações conseguindo chegar a identificação dos suspeitos.

De acordo com a delegada Elaine Fernandes da Silva, a quadrilha já vinha sendo investigada, sendo os suspeitos identificados pelo envolvimento no roubo.

Na manhã desta quarta-feira (30), a equipe da Derf localizou os produtos roubados da loja em dois pontos diferentes da cidade, em uma casa na Avenida Estevão de Mendonça, no bairro Quilombo e em outra residência, no Residencial Cachoeira, bairro Jardim Imperial.

Segundo a delegada, os suspeitos mantinham os locais para esconder e fazer a comercialização dos produtos.

Entre os produtos recuperados estão 7 TVs de 48”, 42” e 39”, DVD’s players para carro e vários aparelhos celulares ainda na caixa, além de um veículo Volkswagen Gol, comprado à vista pelo valor de R$ 20 mil, com o dinheiro roubado da loja.

Segundo a delegada, a recuperação dos objetos e a prisão dos suspeitos é uma resposta a ação dos criminosos que agem acreditando na impunidade do crime.

“A Derf está em constante investigação visando identificar e prender criminosos que atuam em crimes de roubo na Capital. Para garantir o sucesso integral da ação, com recuperação dos objetos e prisão dos suspeitos, é preciso além de identificar os alvos, saber o momento certo de agir”, destacou.

Foto: Divulgação


ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO

  • 1 de outubro de 2015 às 17:48:16

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *