Unimed Fim de Ano
Cuiabá, quinta, 17 de janeiro de 2019

CORPOS FORAM CARBONIZADOS

Polícia Civil prende e diz que ex-namorado é suspeito de matar mãe e filha em VG

MATO GROSSO MAIS

A Polícia Judiciária Civil prendeu nesta sexta-feira (2), o homem acusado de matar Simone da Luz Feitosa, de 37 anos, e a filha dela, Aline Feitosa Souza, de 16 anos.

Após o crime, os corpos das duas vítimas ainda foram carbonizados pelo assassino.

Os corpos foram encontrados em um local de lixão, próximo do residencial Paiaguás, em Várzea Grande.

Segundo a investigação da Polícia Civil, o ex-namorado de Simone Feitosa é o autor da barbárie.

O acusado teve o mandado de prisão cumprido pela Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

O suspeito já havia sido ouvido pela polícia.

Com o avanço das investigações, a DHPP conseguiu reunir provas para pedir a prisão do acusado, que foi aceita pela Justiça.

Mãe e filha estavam desaparecidas desde a última segunda-feira (28).

Elas são de Poconé e vieram para Cuiabá estudar.

Essa segunda-feira teria sido o último dia que elas foram vistas com vida.

Exame de DNA

Apesar de a irmã de Simone ter reconhecido um colar como sendo da sobrinha, o pai de Simone foi submetido a um exame de DNA para identificar se os restos mortais, que encontram-se no Instituto Médico Legal (IML), na capital, são das desaparecidas.

“Já trabalhamos com a hipótese de que as duas pessoas mortas sejam as que estavam desaparecidas”, afirmou o delegado. O carro em que elas estavam no dia do sumiço ainda não foi localizado. (Com G1/MT)

Veja Mais


ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO

  • 2 de outubro de 2015 às 15:58:00

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *