Cuiabá, domingo, 16 de junho de 2019

MANÍACO SEXUAL

Jardineiro é preso em Mato Grosso acusado de assediar 20 meninas menores de idade

DA REDAÇÃO

A Polícia Civil, em menos de 24 horas após a denúncia, prendeu um jardineiro no município de Sorriso, interior de Mato Grosso, acusado de assediar 20 meninas.

Além dele, um fazendeiro da região também foi preso acusado de estuprar uma menina de 13 anos.

As investigações contra o fazendeiro iniciaram após duas adolescentes deixarem cartas para as mães antes de fugirem de casa.

Segundo a Polícia, além de aliciar as adolescentes, o suspeito violentou sexualmente uma menor de 13 anos.

A conjunção carnal só não foi consumada porque a adolescente gritou por socorro e conseguiu fugir do apartamento do suspeito.

Com base nas investigações, a Polícia Civil e o Ministério Público requisitaram pela prisão temporária do suspeito, deferida pela Justiça.

A prisão do fazendeiro foi realizada na tarde da última quarta-feira (30), pela equipe de investigadores da Delegacia de Sorriso.

Em interrogatório, o suspeito afirmou conhecer as meninas, mas negou qualquer tipo tentativa de ato sexual forçado com as menores.

Na terça-feira (29), um jardineiro, de 42 anos, foi preso por assediar meninas menores de idade para possíveis encontros.

Segundo a Polícia, em checagem no celular do suspeito foram encontradas conversas com mais de 20 meninas, abordadas por ele.

O suspeito passou a ser investigado após a mãe de uma das vítimas ver a conversa no celular da filha e procurar a Polícia.

De acordo com o delegado Bruno Sérgio Magalhães Abreu, o acusado mandava as mensagens para números aleatórios até encontrar uma vítima com o perfil do seu interesse.

“Ele tinha preferência por crianças, uma vez que a maior parte das vítimas eram menores de 12 anos. Ele enviava mensagens de textos e aúdios dizendo que queria marcar encontros, namorar e casar”, disse o delegado.


ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO

  • 4 de outubro de 2015 às 09:41:19

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *