SOBRE O BBB

Mato-grossense é afastado do Vídeo Show após comentários machista

GAZETA DIGITAL

O apresentador Otaviano Costa sumiu do “Vídeo Show” após um comentário sobre as brigas que aconteceram no “BBB17” na tarde dessa terça-feira (4).

Ele não apresentou o “Vídeo Show” desta quarta-feira e Rafael Cortez foi chamado para comandar a atração.

O “Vídeo Show” exibiu uma matéria que mostrava o momento em que Marcos se exaltou ao discutir com participantes da casa na manhã do dia anterior.

O vídeo terminava com a fala de Vivian perguntando: “Precisa disso?”.

Otaviano entrou em seguida e emendou: “Precisa sim, a gente gosta, ué. É bom agitar”, disse entre risos.

Depois da repercussão negativa, Otaviano foi para as redes pedir desculpas.

“Eu mesmo fiz uma brincadeira soando um machismo feio, grosso, desordeiro. Fiquei mal porque ao zelar pela brincadeira do ‘BBB’ vi o quanto machista eu estava sendo e aparentemente estimular um homem apontando o dedo no rosto de uma mulher, coisa que eu abomino. Todos nós aprendemos com essas mudanças na sociedade”, disse.

“Espero ter deixado claro meu posicionamento. Eu não sou esse ser que eu abomino, é óbvio que é nojento qualquer situação que coloque uma mulher em uma situação como aquela. A vocês o meu respeito e o singelo pedido de desculpas”, explicou Otaviano.

Mas Otaviano escolheu o dia errado para brincar.

A emissora foi palco nesta terça (4) de um grande protesto de funcionárias e atrizes contra o assédio, após o caso envolvendo José Mayer, acusado de assediar uma figurinista do canal.

Não é a primeira vez que o apresentador do “Vídeo Show” faz um comentário fora de hora. No ano passado, Otaviano Costa resolveu pedir desculpas nas redes sociais por ter usado um termo “preconceituoso” no programa.

Em seu Instagram, o marido de Flávia Alessandra pediu desculpas por ter chamado um travesti de “traveco” no programa, durante uma brincadeira com Orã Figueiredo, que vive o personagem Hugo na novela “Totalmente Demais”.

“Ontem durante uma matéria do ‘Vídeo Show’ ao vivo, Orã Figueiredo fez uma brincadeira insinuando que ele havia se dado bem trocando uma travesti por três mulheres lindas. Eu emendei a brincadeira, de forma ainda mais infeliz, e denominei o travesti como ‘traveco’.”

“Eu confesso que não me recordava que ‘traveco’ era uma palavra menor, era ofensiva e, acima de tudo, preconceituosa. Mil desculpas por isso!”, escreveu Otaviano.

O apresentador, no entanto, rebateu as acusações de homofobia que recebeu em suas redes sociais após o comentário.

A Globo nega que tenha afastado Otaviano. Diz que o “Vídeo Show” tem um rodízio de apresentadores. Ele deve voltar ao programa hoje.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.