NOTA DE ESCLARECIMENTO

Referente ao ex-funcionário do gabinete do Dep. Wagner Ramos em escutas clandestinas

DA REDAÇÃO

Em referência ao Senhor Eduardo Gomes Silva Filho, citado na lista de pessoas monitoradas ilegalmente no esquema de escutas clandestinas, supostamente operado pela Polícia Militar de Mato Grosso desde outubro de 2014, cumpre-me informar o que segue:

O SR. EDUARDO GOMES DA SILVA FILHO/ADV PRB, CITADO COMO SERVIDOR DA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA E LOTADO NO GABINETE DO DEPUTADO WAGNER RAMOS (PSD), ATUOU NO GABINETE DO PARLAMENTAR NO PERÍODO A SEGUIR:

1) NOMEAÇÃO: 02 DE FEVEREIRO DE 2009

ATO Nº 040/2009 (PÁGINA 77) DIÁRIO OFICIAL (30/03/2009)

2) EXONERAÇÃO: 31 DE JANEIRO DE 2011

ATO Nº 024/2011 (PÁGINA 76) DIÁRIO OFICIAL (01/02/2011)

A INFORMAÇÃO ACIMA ESCLARECE, POR SI, QUE O CITADO CIDADÃO NÃO ESTAVA LOTADO NO GABINETE DO DEPUTADO WAGNER RAMOS HÁ MAIS DE 03 (TRÊS) ANOS DO FATO EM REFERÊNCIA.


ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO

  • 17 de maio de 2017 às 11:39:05

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.