OPERAÇÃO CONVESCOTE

Juíza recebe ação e 22 pessoas passam a ser réus por suposto esquema envolvendo a Faespe

DA REDAÇÃO

A juíza Selma Arruda, da Vara Contra o Crime Organizado da Capital, recebeu a denúncia contra 22 pessoas acusadas de participação no esquema investigado na Operação Convescote, deflagrada no dia 20 de junho.

A decisão foi dada na última quinta-feira (13).

A operação apura suposto esquema que teria desviado mais de R$ 3 milhões dos cofres públicos por meio de convênios firmados entre a Fundação de Apoio ao Ensino Superior Público Estadual (Faespe) e a Assembleia,Tribunal de Contas do Estado (TCE), Secretaria de Estado de Infraestrutura e Prefeitura de Rondonópolis.

A fundação, por sua vez, criava “empresas fantasmas” para simular a prestação de serviços. As informações são do site Midianews.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.