PRISÃO REJEITADA

Marcello Miller atuou em favor da JBS quando estava na procuradoria, diz Rodrigo Janot

DA REDAÇÃO

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, tem provas de que Marcello Miller, ex-procurador da República, atuou em favor do grupo JBS durante o período em que trabalhou no Ministério Público Federal (MPF). Ao pedir a prisão do ex-procurador, que foi rejeitada pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Edson Fachin, Janot indicou que e-mails de um escritório de advocacia mostram que Miller auxiliou a empresa no acordo de leniência com o órgão. Da Agência Brasil


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.