ELIMINATÓRIAS DA COPA

Confiante, técnico do Chile prevê postura ofensiva contra o Brasil

GAZETA ESPORTIVA

Juan Antonio Pizzi, treinador do Chile, seleção adversária do Brasil na última rodada das Eliminatórias, mostrou-se confiante na classificação de sua equipe para a Copa do Mundo de 2018, na Rússia, em entrevista coletiva realizada nesta segunda-feira.

Para chegar ao Mundial sem precisar passar pela repescagem ou depender de uma combinação de resultados, os chilenos precisam derrotar a Seleção nesta terça-feira, no Allianz Parque, casa do Palmeiras.

O Brasil nunca perdeu jogando em casa pelas Eliminatórias.

“Estamos com confiança e esperança, preparados para enfrentar a partida. Estamos dispostos a competir no mais alto nível, como sempre fazemos. Temos muita esperança de que poderemos conseguir o resultado que nos permita ir ao Mundial. Espero que possamos estar no nível mais alto para conseguir o que pretendemos”, afirmou.

Pizzi também declarou que, apesar de difícil, a missão do Chile não é impossível, visto que seus jogadores apresentam muitas qualidades e estão prontos para o tamanho do desafio desta terça.

“Logicamente o Brasil é ‘ganhável’. Igual a eles, temos também muitas qualidades e tentaremos impô-las. Estou convencido de que temos as ferramentas para lutar na partida”, analisou.

Por fim, o treinador contou que pretende passar uma abordagem ofensiva aos seus comandados, que precisam dos três pontos para assegurar vaga direta na Copa.

Para Pizzi, os chilenos precisam ter um alto desempenho para desbancar o Brasil.

“Estamos prontos para a partida. Vamos competir como se necessita para bater de frente com os melhores. A preparação tem sido adequada e a intenção é a mesma: ir para a frente e ganhar, impondo nosso jogo. A melhor maneira de ter um alto rendimento é ir ao ataque”, finalizou.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.