GRAMPOLÂNDIA PANTANEIRA

Delegada confirma que ex-secretário da Casa Militar confessou trama para afastar Orlando Perri

DA REDAÇÃO

O ex-secretário-chefe da Casa Militar, coronel Evandro Lesco, confessou que agiu de modo a atrapalhar as investigações relativas ao esquema de grampos ilegais operado no Estado.

A informação foi confirmada pela delegada Ana Cristina Feldner, que conduz as investigações.

“O coronel Lesco confessou, sim, a prática do crime de obstrução apurado na operação Esdras”, afirmou Feldner, referindo-se à operação da Polícia Civil que desbaratou um esquema cujo objetivo era conseguir o afastamento do desembargador Orlando Perri do caso.

A confissão ocorreu durante reinterrogatório do ex-secretário, realizado na tarde da última terça-feira (10) e que foi realizado a pedido da defesa de Lesco.

Na primeira oportunidade em que seria ouvido, o ex-chefe da Casa Militar optou por permanecer em silêncio. Desta vez, resolveu assumir as responsabilidades em relação às acusações que lhe são imputadas. As informações são do Midianews.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.