MODA PELUDA EM ALTA

Homens implantam pelos e restauram sobrancelhas, tórax, barbas, cílios e até fios pubianos

DA REDAÇÃO

Até alguns anos atrás, a depilação estava em voga. No entanto, de uns tempos para cá os pelos voltaram com tudo. Em uma pesquisa realizada em 2015 pelo International Society Of Hair Restoration Surgery (ISHRS), de 2012 a 2014, a procura por implantes capilares em áreas como sobrancelha, bigode, barba, cílios e até pelos pubianos cresceu 95%. Já os implantes de bigode e barba, os indicativos são ainda maiores: 196%.

Entretanto, para alguns homens, a realidade de deixar crescer os fios é quase que nula por diversas razões, entre fatores genéticos e distúrbios, ou mesmo, idade mais avançada.

Dr. Thiago Bianco, um dos principais especialistas em implantes capilares no Brasil, destaca que a técnica cirúrgica de restauração e implante de fios permite atualmente que qualquer área do corpo tenha pelos.

“A cirurgia é ideal para fins estéticos, já que pode ser realizada em partes específicas. Utilizam-se as mesmas técnicas aplicadas ao couro cabeludo. Todavia, cada área implantada conta com características peculiares que exigirão habilidades do cirurgião”, adverte Bianco.

“No Brasil, o implante de pelos ainda é uma novidade, mas na Ásia e na Europa existe muita procura até mesmo para os implantes na região pubiana”, destacou o especialista.

Moda Cíclica?

De acordo com um estudo australiano de 2014, a tendência em deixar os pelos crescerem é cíclica, e já havia atingido o apogeu.

Segundo informações, a moda é calcada em Charles Darwin, cientista do conceito de seleção natural.

A pesquisa levou em conta a teoria de que uma moda é mais atraente quando há poucos que a utilizam.

00No entanto, estamos no fim de 2017, e os peludos, barbados e bigodudos estão em número cada vez maior.


Um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.