100%

Situação de ‘alerta’ faz Governo do Estado pagar folha de salário integral da Segurança Pública em janeiro

DA REDAÇÃO

O governador Pedro Taques (PSDB) disse, em reunião com representantes do Sindicato dos Trabalhadores no Ensino Público de Mato Grosso (Sintep/MT), na tarde desta quarta-feira (10), que pagou 100% a folha salarial da Segurança Pública por causa de uma situação de alerta neste mês de janeiro. Segundo a fonte que passou informação ao Mato Grosso Mais, Taques não entrou em detalhes sobre o motivo do alerta.

A reunião com o Sintep foi para explicar que o Estado não teria condições de pagar a folha da categoria de forma integral, mas parcelada até o dia 15 de janeiro, segunda-feira.

O Governo já teria condições de pagar nesta quinta-feira (11) os professores, que são em torno de 22 mil no Estado, com R$ 30 milhões que tem em caixa.

O problema é que o total da folha da Educação é de R$ 160 milhões, com total de 40 mil servidores.

Segundo a categoria, o Governo chegou a perguntar quem deveria receber já a partir de amanhã.

O Sintep alegou que não aceita esse tipo de acordo, de forma parcelada, e que também não iria colocar prioridade para quem deveria receber primeiro o salário, e que, por ser um período de férias, a categoria não vai aceitar essa mesma situação no mês de fevereiro, o que significa, sinalização de greve à vista…


ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO

  • 10 de Janeiro de 2018 às 18:35:51
  • 10 de Janeiro de 2018 às 18:27:20

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.