http://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2017/08/cdb278208e933f73415e124f85d04537-e1518465929278.jpg

Campanha Plano Unimed Fácil Agosto 18
Cuiabá, sábado, 18 de agosto de 2018

PLANALTO DA SERRA

MPE investiga porque carro oficial de Câmara de Vereadores gastou combustível parado em oficina

MARCOS SALESSE - DA REDAÇÃO

Assessoria/MPE

O Ministério Público do Estado, por meio da 1ª Promotoria de Justiça Cível de Chapada dos Guimarães, abriu um inquérito para apurar uma denúncia de que o então presidente da Câmara de Vereadores de Planalto da Serra, Rosimar Alves Pereira, teria autorizado despesas de combustível para o veículo oficial da Câmara de Vereadores, mesmo ele estando parado  em uma oficina mecânica.

Pereira é o atual prefeito de Planalto da Serra. Ele é um dos responsáveis pela denúncia contra Angelina Benedita Pereira, que venceu a eleição em 2016, mas foi afastada do cargo porque teve seu registro de candidatura cassado pela Justiça Eleitoral por abuso de poder político e econômico durante a campanha eleitoral.

Segundo a decisão, durante a campanha teriam sido feitas moldes de próteses dentárias para eleitores em troca de votos.

Além dela, o seu vice, Marcos Antônio Sampaio Rodrigues (PHS), também foi afastado do cargo.

Segundo a portaria de número 003/2018, Rosimar, como presidente da Câmara de Vereadores, é suspeito de ter autorizado a liberação de verba  pública entre os meses de agosto a novembro de 2015.

O inquérito civil deve apuar se houve desvio de dinheiro público ou se a ação do então presidente beneficiou alguma pessoa.

O MPE exigiu informações sobre a frota de veículos oficiais do órgão no ano de 2015, bem como, esclarecimentos com relação ao pagamento de combustível entre os mesmos de agosto à novembro de 2015.

Além disso, o mecânico responsável pelo concerto do carro deve prestar esclarecimento ao Ministério Público nos próximos dias.

O inquérito deve ser concluído em um ano.

*Sob supervisão do editor

Veja Mais


ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO

  • 18 de janeiro de 2018 às 18:26:00
  • 18 de janeiro de 2018 às 16:06:21

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *