http://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2018/01/CURSO-DO-DIREITO.jpg

Cuiabá, quinta, 24 de maio de 2018

2 TURMAS DE 50 ALUNOS

Emenda parlamentar garante implantação do curso de Direito em Rondonópolis

ELIANA BESS / REPÓRTER GCOM

Ilustrativa

O governo do Estado, por meio de emenda parlamentar no valor de R$ 1,2 milhão, disponibilizará o curso de Direito na Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat) em Rondonópolis.

Parte dos recursos, R$ 600 mil já foi liberada e custeará duas turmas de 50 alunos. A expectativa é que comece ainda nesse primeiro semestre de 2018.

“Na realidade foi uma luta nossa muito forte, primeiro para viabilizar a Unemat em Rondonópolis e eu tenho dito que fico muito feliz do governador Pedro Taques ter atendido o nosso pleito e instalar a Unemat no município. Depois, nessa instalação foram implantados os cursos de Ciência da Computação e Letras e o grande sonho da população rondonopolitana e de toda região sudeste do Estado é o curso de Direito, que agora se concretiza”, destacou o deputado Sebastião Rezende, autor da emenda.

A iniciativa proporcionará o atendimento de uma demanda pertinente a 18 municípios da região, que corresponde a aproximadamente 500 mil habitantes e, destes, um percentual significativo de jovens.

Sendo que uma maioria deles ficava sem fazer o curso de Direito por falta de condições financeiras, já que o custo mensal é alto. Agora, 100 alunos vão poder fazer o curso a custo zero.

Embora a Unemat tivesse interesse em ofertar o curso em Rondonópolis, necessitava de orçamento, de mais recursos para a viabilidade do mesmo que tem duração de cinco anos.

“Nós fizemos o compromisso de R$ 600 mil para o ano de 2017 e R$ 600 mil para 2018. O governador entendendo, pagou a emenda referente a 2017. Sem dúvida alguma, pra questão educacional é mais um curso superior extremamente importante”, explicou o deputado.

Agora a expectativa é de que a Unemat  se programe para colocar em funcionamento ainda nesse primeiro semestre as duas turmas especiais de Direito.

O curso será ofertado em convênio com a Prefeitura de Rondonópolis, que terá esse aporte financeiro de R$ 600 mil, suficientes para custear o curso ao longo de  dois anos e meio.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.