Amm fevereiro 2018
Cuiabá, quinta, 22 de fevereiro de 2018

CASA DOS HORRORES

CPI afronta decisão do STF e quer condução coercitiva para ouvir testemunha

PONTO NA CURVA

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Paletó, em trâmite na Câmara Municipal de Cuiabá, aprovou um requerimento visando recorrer à Justiça para a oitiva da testemunha Valdecir Cardoso de Almeida, por meio da condução coercitiva.

Ele deveria ser ouvido nesta quarta-feira (7), mas não compareceu à sessão. No entanto, apresentou a justificativa e se colocou a disposição para uma nova data.

A decisão dos nobres parlamentares que integram a CPI vai de encontro com a recente decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes, que proibiu as conduções coercitivas em todo o país.

Além disso, recorrer ao Judiciário para ouvir uma testemunha que apresentou justificativa plausível para sua ausência e está disposta a colaborar é no mínimo desnecessário.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.