http://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2018/02/ônibus.jpg

Cuiabá, terça, 24 de abril de 2018

FERIADO DE CARNAVAL

População carnavalesca pode contar com tarifa social nesta terça-feira

DA REDAÇÃO / MATO GROSSO MAIS

Divulgação

Foliões que querem aproveitar o feriado de carnaval, nesta terça-feira (13), podem contar com a Tarifa Social.

Com a tarifa social, o usuário pagará este ano R$ 1,92 na passagem do transporte coletivo. O intuito é beneficiar a população, nos dias de feriados, com 50% de desconto no valor da passagem normal, que hoje está em R$ 3,85.

O programa que tem o objetivo de incentivar o convívio social entre as comunidades, em espaços diversos da Capital e permite que a cidade continue movimentada nos dias de feriados.

Assim, nesta terça-feira (13), a população poderá visitar parques e outros locais, sem que isso represente um grande gasto no seu orçamento.

Em 2017, mais de 282 mil passageiros fizeram uso do benefício. A significativa redução do valor não apenas imprimiu uma economia valiosa para o usuário, como também incentivou o desfrute dos diversos pontos de lazer da Capital em dias considerados de baixa movimentação.

A Tarifa Social é também fruto de um estudo orçamentário feito pelo município que assegurou o não comprometimento das despesas do poder público, tão pouco da prestação regular do serviço ao cidadão.

Para o usuário do transporte coletivo a Tarifa Social possibilita uma economia correspondente a R$ 28,875 ao longo dos feriados em 2018.

Aparentemente a redução pode ser pequena mas gera grandes reflexos para o passageiro, que muitas vezes evitava os deslocamentos em feriados devido ao valor integral a ser pago.

Sobre o programa

A Tarifa Social é fruto de uma união de forças entre o poder público e a Associação Mato-grossense dos Transportadores Urbanos (AMTU). O decreto n° 6.254 de 26 de abril de 2017 dispôs sobre a implantação da tarifa social na Capital, em datas comemorativas e passou a valer no feriado de 1° de maio de 2017.

O entendimento foi possível a partir de uma reunião do prefeito Emanuel Pinheiro, com o promotor de Justiça, Ezequiel Borges de Campos e representantes das empresas, em razão da importância social da proposta.

 


ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO

  • 13 de Fevereiro de 2018 às 09:38:49

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.