http://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2018/04/cot_pari_8359.jpg

Cuiabá, segunda, 23 de abril de 2018

COT DO PARI

Ladrões fazem 'limpa' em obra da Copa do Mundo de 2014 orçada em R$ 31 milhões

MATO GROSSO MAIS

Globo Esporte

A Secretaria de Estado das Cidades (Secid) está fazendo um levantamento detalhado da real situação das obras do Centro Oficial de Treinamento Barra do Pari, popularmente conhecido como COT do Pari, localizado em Várzea Grande, que permanecem inacabadas desde a Copa do Mundo de 2014.

Segundo informações da Secretaria, existem inúmeros materiais que foram roubados, além de problemas técnicos encontrados na obra, que deve passar por uma nova licitação para conclusão.

Dentre os materiais roubados, listados pela Secid, estão portas, janelas, traves, piso, pia, refletores, além de outros itens.

O levantamento da Secid também deve apontar que tipo de serviços foram executados no local.

De acordo com a Secretaria, alguns dos serviços foram feitos sem qualidade, outros com qualidade e o que falta para ser feito no local.

O objetivo do levantamento é apontar o que é de responsabilidade do Governo e da empresa.

A Secid já avisou que deve acionar a empresa na Justiça para que a mesma assuma as responsabilidades previstas no contrato.

A obra, que apresenta uma conclusão de 70%, está orçada em R$ 31,7 milhões e mais de R$ 21 milhões já foram repassados ao Consórcio Barra do Pari, que tem como líder a empresa Engeglobal.


ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO

  • 12 de Abril de 2018 às 14:17:48
  • 12 de Abril de 2018 às 14:16:59

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.