http://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2017/03/55733fbc267e2ef3532d3f242b5795a5-e1521144522483.jpg

Cuiabá, segunda, 25 de junho de 2018

DE OLHO NAS ELEIÇÕES

Júlio Campos quer ser o primeiro ex-governador de MT a ser deputado estadual

PABLO RODRIGO / A GAZETA

Midianews

Júlio Campos (DEM) quer ser o primeiro ex-governador a se tornar deputado estadual em Mato Grosso. Com 71 anos, e depois de ter sido submetido a um transplante de fígado em 2016 por conta de uma cirrose hepática, o democrata diz estar pronto para disputar uma das 24 cadeiras do Legislativo Estadual.

Com cargos de prefeito, deputado federal e senador, Júlio diz que quer disputar as eleições de outubro para chegar a único cargo eletivo que ainda não teve. “Eu nunca fui e seria novidade. Pela 1ª vez na história de Mato Grosso nos últimos quase 300 anos, um ex-governador com mandato no parlamento estadual”, analisou.

“É típico um ex-governador se eleger senador, deputado federal, mas não deputado estadual. Eu aceitaria com a minha humildade que eu tenho, em ser deputado estadual”, complementa.

Campos diz sempre defender a renovação na política. Porém, acredita que os “mais experientes” também podem contribuir nesse processo de renovação. “

“É importante estimular o jovem a particiapr da política, eu já comecei com 25 anos como prefeito de Várzea Grande. Mas a gente tem dificuldade de estimular a renovação porque os jovens de hoje não querem. São poucos que querem ficar na política, mas mesmo entendo que é preciso renovar. Também coloco meu nome à disposição”.

Júlio Campos ainda se diz entusiasmado depois do transplante. E, apesar da idade, acredita ser mais jovem. “A minha idade intelectual está entre 50 a 55 anos. São 4 quilõmetros de caminhada diária”, brinca.

As convenções partidárias se iniciam na 2ª quinzena de julho, e segundo Campos, seu nome estará a disposição da legenda. “Estou trabalhando devagar, se o DEM tiver interesse estarei pronto para disputar. Está na hora de colocar uma pessoa mais idosa, mas com vigor absoluto, experiente no parlamento estadual”. 

Veja Mais


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *