Campanha Plano Unimed Fácil Agosto 18
Cuiabá, domingo, 19 de agosto de 2018

CASOS DE REPERCUSSÃO

Condenação de ex-escrevente e de ex-prefeito de Mato Grosso completa 17 anos

DA REDAÇÃO

Na última sexta-feira, dia 11 de maio, fez 17 anos que a ex-escrevente Beatriz Árias foi condenada por participação na morte do juiz Leopoldino Marques do Amaral.

O magistrado teve o corpo encontrado na cidade de Concepción, no Paraguai, parcialmente carbonizado.

Árias foi condenada a 12 anos de prisão à época.

O procurador da República que atuou pela condenação da ex-escrevente foi Pedro Taques, atual governador de Mato Grosso.

Também fez 17 anos, na mesma sexta-feira, a condenação de 12 anos de prisão dada a José Rezende da Silva, vulgo Zé Guia, ex-prefeito de Juscimeira, por ter assassinado, em 1983, o produtor rural Valdevino Luiz Pereira, pai do deputado federal Valtenir Pereira (MDB).

Veja Mais


ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO

  • 13 de maio de 2018 às 10:35:21
  • 13 de maio de 2018 às 10:32:00

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *