Cuiabá, domingo, 24 de junho de 2018

OPERAÇÃO BÔNUS

Irmão de ex-chefe da Casa Civil comemora advogar para deputado alvo do Gaeco

DA REDAÇÃO

O Ministério Público Estadual (MPE) apontou no inquérito, que resultou na deflagração da segunda fase da Operação Bereré, chamada de Operação Bônus, que o advogado Pedro Jorge Zamar Taques, irmão do ex-chefe da Casa Civil, Paulo Taques, teria comemorado o fato de seu escritório estar trabalhando para o deputado estadual Mauro Savi (DEM), também investigado no mesmo caso.

Este fator possibilitaria que Pedro e Paulo Taques tivessem “informações” sobre o andamento das investigações de um esquema de fraudes que teriam desviado cerca de R$ 30 milhões dos cofres públicos do Detran (Departamento Estadual de Trânsito). Com Folhamax.

Veja Mais


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *