Prounim - 12 Fórum de responsabilidade
Cuiabá, quarta, 19 de setembro de 2018

OPERAÇÃO BÔNUS

Taques diz que “até as pedras do rio Cuiabá sabiam que tinha coisa errada no Detran/MT”

DA REDAÇÃO

O governador do Estado, Pedro Taques (PSDB), concedeu uma entrevista coletiva, na manhã desta segunda-feira (14), no Palácio Paiaguás, onde comentou sobre a Operação Bônus, que investiga uma organização criminosa formada por políticos, funcionários públicos e empresários que se utilizavam do contrato da empresa EIG Mercados Ltda junto ao  Detran/MT para lavagem de dinheiro e recebimento de propina.

Questionado se durante a gestão algum membro do Ministério Público Estadual chegou a comentar sobre possíveis crimes cometidos dentro do Detran/MT, Taques afirmou que tinha conhecimento sobre, entretanto, não tinha nenhum detalhe sobre quais crimes estavam sendo cometidos.

“Até as pedras do Rio Cuiabá sabiam que tinha coisa errada no Detran/MT. E nós tomamos as providências, agora, nós não tínhamos os detalhes. Nem o Ministério Público e nem a imprensa investigativa tinha esses detalhes, que surgem depois das delações”, afirmou.

Durante entrevista, o governador disse que acionou o controlador-geral do Estado para tomar providências com relação a efetividade de um decreto, que determina o fim do contrato entre o DETRAN e a empresa EIG Mercados Ltda, que mesmo publicado, ainda não foi cumprido.

“Eu já determinei ao controlador-geral do Estado que tome as providências, inclusive criminais, porque o Detran/MT não tomou as providências previstas no decreto. O decreto precisa ser cumprido”, concluiu Taques.

Veja Mais


ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO

    Uma resposta para “Taques diz que “até as pedras do rio Cuiabá sabiam que tinha coisa errada no Detran/MT””

    1. dauzanades disse:

      Seu comentário possui palavras ofensivas. Por favor, refaça!

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *