http://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2018/05/147814.jpg

Cuiabá, terça, 22 de maio de 2018

PARA PROFISSIONAIS DE SAÚDE

Assembleia Legislativa realiza fórum para debater conscientização sobre doação de medula

INGRIDY PEIXOTO / REPÓRTER ALMT

Marcos Lopes

A Assembleia Legislativa de Mato Grosso promove, na próxima terça-feira (22), o fórum “Avanços e desafios do Redome no estado de Mato Grosso”.

O evento, que acontecerá no auditório Milton Figueiredo, é voltado para profissionais de saúde e contará com palestras e discussões sobre doação de medula óssea, além de apresentação cultural.

O fórum foi solicitado pelo deputado estadual Ondanir Bortolini, Nininho (PSD), e é realizado em parceria com Instituto Nacional do Câncer (Inca), MT-Hemocentro e Secretaria Estadual de Saúde. O parlamentar é autor da Lei Estadual nº 9.807/2012, que instituiu a Semana Estadual de Conscientização da Importância da Doação de Medula Óssea realizada, anualmente, de 21 a 27 de maio.

Representantes do MT-Hemocentro e da Secretaria Estadual de Saúde, além de outros convidados, vão participar da abertura oficial.

A programação ainda conta com as palestras “História do Redome e os novos desafios para o transplante de medula óssea”, ministrada pela coordenadora técnica do Registro Nacional de Doadores Voluntários e Receptores de Medula Óssea (Redome), Danielli Cristina Muniz de Oliveira (RJ), e “Redome no estado de Mato Grosso e as propostas para 2018”.

“As campanhas de medula óssea se intensificaram no estado de maneira consciente, o cidadão teve mais acesso a informação a partir de eventos como esses que estamos promovendo, sem o MT-Hemocentro e o Redome jamais seriam realizadas as mobilizações. As pessoas estão mais conscientes da importância da doação da medula óssea e de sangue. O fórum, que contará com uma representante do Inca, aproxima mais a classe ligada à saúde para capacitar e ajudar a identificar e, até mesmo, enfrentar a doença”, destacou Nininho.

Também será realizada uma cerimônia de homenagem aos mato-grossenses que contribuíram para o registro e o desenvolvimento dos transplantes do Brasil. Representantes do MT-Hemocentro vão fazer o encerramento do evento.

As inscrições estão abertas e podem ser feitas aqui. A participação é gratuita e também dá direito a certificado de 4h emitido pela Escola da Saúde.


ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO

  • 18 de Maio de 2018 às 06:50:06

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.