http://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2017/08/Paiva-Netto_Foto-oficial1-1-e1522938821673.jpg

Campanha Plano Unimed Fácil Agosto 18
Cuiabá, sábado, 18 de agosto de 2018

Volta de Jesus e Família Humanidade

PAIVA NETTO

Arquivo Pessoal

Jesus, ao afirmar que Sua mãe e Seus irmãos são aqueles que cumprem a Palavra ou a Vontade do Pai que está nos Céus, nos deu uma das mais importantes lições para a vivência fraterna entre os seres humanos, pois nos revela que fazemos parte da Grande Família Humanidade (Evangelho do Cristo, segundo Mateus, 12:46 a 50; Marcos, 3:31 a 35; Lucas, 8:19 a 21).

Alguns que, porventura, possam ver nessa atitude do Cristo de Deus um desrespeito aos Seus familiares se equivocam, já que Ele havia premiado Maria Santíssima e Seus irmãos ao nascer entre eles.

É necessário ressaltar que, naquela época, como dizia o saudoso Irmão Alziro Zarur (1914-1979), radialista, escritor, poeta e pensador brasileiro, também chamavam irmãos aos primos-irmãos, e até mesmo aos parentes mais afastados.

Na verdade, a Família de Jesus foi constituída durante várias fases de Sua vida missionária. Apesar de, no relato do Evangelho, ter sido preso à cruz infamante, no Apocalipse Ele surge glorificado em vitória, como o Leão da Tribo de Judá, que simboliza toda a Humanidade (Apocalipse, 5:5).

A partir daí, o Sublime Amigo forma a Família em esplendor, em salvação, no estabelecimento do Bem. Sim, com Poder e Grande Glória, mas não para se vingar. Se Ele deixou o “Amai-vos como Eu vos amei. Somente assim podereis ser reconhecidos como meus discípulos” (Evangelho, segundo São João, 13:34 e 35), volta para que haja Paz na Terra.

José de Paiva Netto, jornalista, radialista e escritor.

Veja Mais


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *