http://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2018/06/IMG_4239.jpg

Campanha Unimed Julho
Cuiabá, domingo, 22 de julho de 2018

BAIXA ADESÃO

Campanha de Hanseníase, Verminose e Tracoma em escolares é prorrogada até 31 de julho

ROSE VELASCO/ ASCOM SES/MT 

Haillyn Heiviny

Apesar de obter a maior adesão de escolas públicas, Mato Grosso apresenta baixo registro de resultados da Campanha Nacional contra Hanseníase, Verminose e Tracoma em escolares na faixa etária de cinco anos e menores de quinze anos de idade e que estudam em escolas e creches públicas municipais e estaduais.

Até esta semana, somente 51 do total de 101 municípios que fizeram a adesão à campanha nacional, lançaram no sistema FORMSUS/DATASUS um índice baixo de escolas e escolares atendidos, contendo apenas 491 fichas preenchidas por pais de alunos das escolas cadastradas para a campanha.

Por essa razão, o Ministério da Saúde decidiu prorrogar o prazo da campanha, inicialmente prevista para terminar no dia 30 de junho, para o dia 31 de julho. Nessa nova data deverá ser concluído o registro dos resultados obtidos, destacou Regina Mary da Silva Nascimento, técnica do Programa Estadual de Controle da Hanseníase, Coordenadoria de Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Estado de Saúde.

“Alertamos os municípios para que realizem a digitação dos resultados e fiquem atentos quanto às metas estabelecidas, porque não haverá outra prorrogação de prazo”, afirmou Regina Mary.

As metas

De acordo com o Ministério da Saúde, a meta da campanha é a seguinte: 75% de entrega de fichas de autoimagem de hanseníase e 75% de devolução; exames em 75% dos escolares matriculados na faixa-etária; 85% de cobertura de tratamento para verminoses, e 80% de exames e tratamento para o tracoma.

O município deve preencher um formulário para cada escola, utilizando o registro individual único do MEC como identificador. Para alteração ou complementação dos dados digitados é necessário ter o protocolo gerado no momento em que formulário é salvo.

Adesão

Em Mato Grosso, 215 escolas aderiram ao serviço de prevenção e tratamento do tracoma. Isso representa um universo de 39.319 alunos que serão atendidos.

Esses programas preventivos são desenvolvidos pelos estados em parceria com os municípios por meio do Programa de Saúde Escolar (PSE) articulado com o Programa Saúde da Família (PSF).

Veja Mais


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *