http://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2018/07/Coral-Juvenil-Arte-Cidadã-1-e1530881757198.jpg

Campanha Plano Unimed Fácil Agosto 18
Cuiabá, segunda, 20 de agosto de 2018

CORAL UFMT & CONVIDADOS

Três corais se apresentam domingo no Teatro UFMT

ASSESSORIA

Divulgação

No próximo domingo (08.07), o público cuiabano poderá curtir uma mostra de música coral de diferentes estilos musicais e trabalhos desenvolvidos por três grupos mato-grossenses, que já são destaque até mesmo fora do Estado. O espetáculo Coral UFMT & Convidados recebe, às 20h, no Teatro UFMT, o Coral do Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso (TCE-MT) e Coral Juvenil Arte Cidadã.

Os ingressos podem ser adquiridos na sala do Coral UFMT, no Centro Cultural da Universidade, e no Teatro UFMT, em horário comercial, a R$ 40 (inteira) e R$ 20 (meia).

O Coral do TCE-MT, sob regência do maestro Carlos Taubaté, apresenta clásicos da música popular brasileira, como Jardim da Fantasia (Paulinho Pedra Azul / Arr: Dora Torres); Água de beber (Tom Jobim/Vinícius de Moraes / Arr: Carlos Taubaté) e Por enquanto (Renato Russo / Arr: Carlos Taubaté); no vilão, Rodrigo Fischdick.

O Coral Juvenil Arte Cidadã, sob regência de Jeferson Ribeiro, canta Regina Coeli – KV 276 (Wolfgang Amadeus Mozart);Ave Maria (Vicente Goicoechea); , Hark, I Hear the Harps Eternal (Arr.: Mark Hayes); e O Love (Elaine Hagenberg / Poema: George Matheson), entre outros. Acompanham o grupo, os músicos rbara Sol, no violoncelo, e Angelo Santos, no piano.

Já o Coral UFMT apresenta Comida (Titãs / Arr: Wagner Franklin); Volte para o seu Lar (Arnaldo Antunes / Arr.: André Protásio); Michelle (John Lennon and Paul Mccartney / Arr.: Grayston Ives); Cálice (Chico Buarque e Gilberto Gil / Arr.: André Vidal); e Hello, Goodbye (John Lennon e Paul Mccartney / Arr.: Alan Billingsley), entre outros.

Os coros

Criado em 12 de março de 1990, o Coral do Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso promove e divulga a cultura, fomenta a qualidade de vida e desenvolve o relacionamento interpessoal dos componentes.

A primeira regente foi Sônia Mazetto, que regeu o Coral desde sua criação até 1996, retornando em 1999; Carlos Taubatéfoi regente no biênio 1997/1998. Em janeiro de 2000, o coral passou a ser regido por Renato Marçal e sob sua regência, comemorou seus 10 anos de existência com a gravação do 1º CD, intitulado Eu sou de Cuiabá, contendo um repertório de músicas regionais mato-grossenses.

Em maio de 2007, o Coral voltou a ser regido por Carlos Taubaté e vem se apresentando em diversos eventos culturais. Em 2010 gravou o 2º CD, em comemoração aos seus 20 anos, com canções populares brasileiras e mato-grossenses.

O Coral Juvenil Arte Cidadã integra o Núcleo Coral da Associação Arte Cidadã, promovendo o aprimoramento técnico vocal, além da sistematização dos conhecimentos em música  de jovens entre 16 a 21 anos.

O repertório busca abarcar as principais vertentes da música popular e erudita, sobretudo composições produzidas especificamente para coro, selecionadas por sua relevância no desenvolvimento musical dos cantores.

Jà Coral UFMT desenvolve, há 38 anos, um trabalho musical voltado aos estudantes de diversos cursos da universidade, professores, servidores e comunidade em geral. Com um repertório variado, que abrange a música erudita, popular, folclórica, sacra e regional, além de peças sinfônicas, divulga seu trabalho muito além dos muros da universidade e das fronteiras mato-grossenses.

O grupo já esteve sob a regência de Peter Ens e Vilson Gavaldão de Oliveira. Desde agosto de 1989, está sob direção artística e regência da maestrina Dorit Kolling. Atualmente, tem como supervisora, Naise Santana, e preparador vocal, André Vilani.

Campanha

O concerto faz parte de uma estratégia do Coral UFMT para viabilizar a participação do grupo no Encontro Internacional de Coros Cantapueblo A Festa Coral da América, que está em sua 30ª edição e ocorre entre os dias 9 e 13 de outubro, na cidade do Panamá (Panamá).

Ao longo de suas edições, o evento já recebeu mais de 1.500 grupos corais de diversos países, como Eslovênia, Polônia, Brasil, Paraguai, México, Venezuela, Equador, Chile e Argentina.

Veja Mais


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *