http://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2018/08/2fa2b4dd-f2d5-43fe-8d52-cff05826a42b.jpg

Prounim - 12 Fórum de responsabilidade
Cuiabá, quarta, 19 de setembro de 2018

AUDIÊNCIA JUSTIFICATIVA

Arcanjo é ouvido pela Justiça sobre suposto retorno ao jogo do bicho e ameaças

DA REDAÇÃO / MATO GROSSO MAIS

Chico Ferreira

O Ex-bicheiro, João Arcanjo Ribeiro, prestou depoimento na tarde desta quarta-feira (02) na 2ª Vara Criminal, após ser intimado para dar explicações sobre os supostos novos crimes cometidos por ele após ser liberado para cumprir pena domiciliar.

Arcanjo é alvo de acusações anônimas de se envolver novamente com jogo do bicho e de supostamente realizar atentados a inimigos através de capangas. Nos materiais analisados, constam cheques e anotações em nome de João Arcanjo Ribeiro, sua ex-esposa, Silvia Chirata Arcanjo Ribeiro e do filho João Arcanjo Ribeiro Filho.

O advogado, Zaid Arbid, acredita que acusações tenha sido plantadas contra Arcanjo. “Se você cometesse um ato ilícito, você deixaria seu nome, nome de seu pai, do seu filho, do seu marido naquele local do crime? Ninguém em sã consciência vai sair para delinquir e deixar o próprio rastro e o da família” justificou a defesa.

Quando questionado pelo Ministério Público sobre a suposto retorno em atuação no Jogo do Bicho, Arcanjo rebateu dizendo que “Eu era bicheiro em Cuiabá, nunca escondi isso de ninguém, passei 15 anos preso, ninguém sabe o que eu sofri, o senhor acha que sou bobo? Ignorante?”.

A defesa ainda ressaltou que em seu tempo livre, João Arcanjo, está se dicando a cursos profissionalizantes. 

 

Veja Mais


ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO

  • 2 de agosto de 2018 às 17:44:26
  • 2 de agosto de 2018 às 17:29:07

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *