http://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2018/08/9163.png

Campanha Plano Unimed Fácil Agosto 18
Cuiabá, segunda, 20 de agosto de 2018

NOVA UBIRATÃ

Escolas Municipais são inseridas em programa do Governo Federal

ASSESSORIA DA PREFEITURA

Reprodução

Quatro instituições de ensino de Nova Ubiratã passaram a integrar, a partir deste mês, o Programa Mais Alfabetização.

Desenvolvido pelo Governo Federal, por meio do Ministério da Educação (MEC), com apoio da prefeituras municipais, o programa objetiva auxiliar as escolas da rede municipal na alfabetização de 325 estudantes matriculados no 1º e 2º ano do ensino fundamental.

Em Nova Ubiratã foram contempladas as escolas municipais; Tancredo Neves, Água Limpa, Professora Vera lúcia Schmidt, 13 de Maio e Pedro Alvares Cabral, respectivamente, situadas na sede e nos distritos Parque Água Limpa, Piratininga, Santo Antônio do Rio Bonito e Santa Terezinha do Rio Ferro.

Com foco no processo de alfabetização, o programa abrange 16 assistentes de alfabetização, nas disciplinas línguas portuguesa e matemática, por um período de cinco horas semanais.

O programa ainda disponibiliza cursos de capacitação (EAD) para diretores, coordenadores, professores e assistentes de alfabetização.

Caberá a esses profissionais a implantação e o acompanhamento do projeto criado por meio da Portaria nº 142, de 22 de fevereiro de 2018.

Na avaliação do MEC, para ser considerado alfabetizado em língua portuguesa, o estudante deve compreender o funcionamento do sistema alfabético de escrita; construir autonomia na leitura e se apropriar de estratégias de compreensão e produção de textos. No caso da matemática, o aluno deve aprender a raciocinar, representar, comunicar, argumentar, resolver matematicamente problemas em diferentes contextos, utilizando de conceitos, procedimentos e de fatos.

“O programa vem de encontro com nosso trabalho pedagógico que visa, entre outros, a melhoria na qualidade do ensino ofertado dentro e fora das salas de aulas”, assinala a coordenadora municipal do programa, em Nova Ubiratã, Inês Ballin.

Para o secretário municipal de Educação e Esportes, Leandro Alves Pereira dos Santos, é imprescindível destacar que cada estudante assimila o conhecimento de forma singular, ou seja, em ritmos e intervalos diferenciados.

“Isso requer atenção por parte do corpo docente. Precisamos respeitar o limite de cada estudante e caso haja necessidade dar atenção especial àqueles que apresentam maiores dificuldades”, observa.

Ainda de acordo com o gestor, o Programa Mais Alfabetização tende a valorizar o esforço dos professores alfabetizadores que são fundamentais no processo de ensino.

“O professor alfabetizador exerce papel de suma importância no aprendizado e na vidade de seus alunos. Nós como educadores temos a missão de retransmitir conhecimento, tornando o aprendizado prazeroso e proveitoso. Precisamos valorizar essa fase da vida dessas crianças e os profissionais que delas cuidam”, conclui Alves.

Veja Mais


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *