http://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2018/04/142119.jpg

TCE Campanha Radar 2018 Dez
Cuiabá, sábado, 15 de dezembro de 2018

40 ANOS

ALMT faz sessão solene para comemorar aniversário da 13ª Brigada de Infantaria

ASCOM ALMT

Assessoria

A Assembleia Legislativa de Mato Grosso realiza nesta sexta-feira (10), às 14h30, no Plenário “Deputado Renê Barbour”, sessão solene, de autoria do deputado estadual Wilson Santos (PSDB), em comemoração ao aniversário de 40 anos da 13ª Brigada de Infantaria Motorizada “Brigada Barão de Melgaço”.

De acordo com o parlamentar, numa consequência lógica do crescimento socioeconômico e da importância política e geoestratégica do novo Estado de Mato Grosso, foi criada pelo Decreto nº 82.04, de 27 de julho de 1978, a 13ª. Brigada de Infantaria Motorizada, com sede em Cuiabá.

Naquela oportunidade, também foram criados a Companhia de Comando e o 13º Pelotão de Polícia do Exército.

Além disso, a 13ª Brigada recebeu da 2ª Brigada Mista, com sede em Corumbá (MS), origem da atual 18ª Brigada de Infantaria de Fronteira, os tradicionais 16º Batalhão de Caçadores, de Cuiabá, que passou a denominar-se 44° Batalhão de Infantaria Motorizada, 2º Batalhão de Fronteira, de Cáceres, que ganhou a denominação de 66 ° Batalhão de Infantaria Motorizada, 58° Batalhão de Infantaria Motorizada, Aragarças (GO), e 18° Grupo de Artilharia de Companhia, de Rondonópolis.

O Escalão avançado da 13° Brigada de Infantaria Motorizada foi constituído pelos seguintes militares 1 pioneiros: Coronel de Infantaria do quadro de Estado- Maior das Armas Joaquim Alves Bastos, 1° Ten. Veterinário Edenir Pinheiro Ferreira, 1º Sargento de Infantaria Thiago Pereira de Souza, 2° Sargentos de Infantaria Ailton Guimarães Santos e Antonio Urçulino da Silva, Cabo Odílio Euzébio dos Santos e soldados Jurandir José de Almeida e Emilio Dias de Moura.

No dia 30 de outubro de 1978, o General Rondon de Oliveira Magalhães assumiu o Comando da Brigada, em Cuiabá.

De acordo com o previsto no Decreto que lhe deu origem, a Brigada iniciou, efetivamente suas atividades, em 01 de janeiro de 1979, ao mesmo tempo em que começou a construção do seu atual aquartelamento , junto ao centro político-administrativo do Estado.

Em 22 de dezembro de 1981, já sob o Comando do General Alberto dos Santos Lima Fajardo, foi concluída a transferência do Comando para o novo Quartel –General. Por Portaria Ministerial n º 229, de 17/05/1994, a Brigada recebeu a denominação histórica “BRIGADA BARAO DE MELGAÇO”.

Em 14 de março de 1995, a Portaria n º 144 concede a Brigada o estandarte histórico, que traz inscrita a divisa “SEMPRE PROMPTO “lema que fortemente motivava o Barão de Melgaço, em vários e memoráveis acontecimentos históricos, principalmente quando ele na Presidência da Província de Mato Grosso, soube, pronta e eficazmente, defender Cuiabá da invasão Paraguaia, fortificando a localidade de Melgaço.

Segundo Wilson Santos, a 13ª Brigada de Infantaria tornou-se motivo de orgulho para o povo mato-grossense.

“Dedicando-se à Instrução da tropa à formação da reserva, à segurança interna e externa, ao apoio às comunidades nos momentos de calamidade pública, a Brigada fez-se presente na sociedade, através de uma convivência marcada pela harmonia, pelo entendimento e pelo respeito mútuo”, frisa o parlamentar.

É grande seu acervo de realizações, nesse pouco tempo de vida, todas voltadas para o incremento da segurança e do bem-estar das populações que vivem nos 142 municípios que constituem a sua área de responsabilidade, superior a 900.000 km².

Veja Mais


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *