http://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2018/08/9196.jpg

TCE Campanha Radar 2018 Dez
Cuiabá, quarta, 19 de dezembro de 2018

CÁCERES

Reeducando faz horta comunitária na prefeitura municipal

ASSESSORIA DA PREFEITURA

Reprodução

A refeitura de Cáceres, através da coordenadoria de paisagismo, com o trabalho de reeducandos do presídio de Cáceres, construíram uma horta comunitária no espaço vazio do pátio da prefeitura.

O reeducando Sales Bondespacho da Guia, de 61 anos, que está prestando trabalho na secretaria de Obras há um ano e seis meses, observou que havia espaço de terra sobrando e resolveu aproveitar o tempo ocioso antes de iniciar o seu horário de trabalho e começou a trabalhar a terra. Com a primeira remuneração comprou algumas sementes e deu inicio a uma horta.

O paisagista Bair João Ofuji, disse que sempre teve em mente um projeto de uma horta comunitária. Assim que assumiu a coordenação viu o trabalho de Sales e resolveu unir o útil ao agradável. “Esse é o inicio de um grande projeto, vamos aproveitar os lotes vazios e em parceria com os donos, vamos plantar para  pessoas que realmente são necessitadas”.

A horta já está produzindo cheiro verde, quiabo, alface, rúcula, pimenta, jiló. “Tudo o que é colhido é dado aos funcionários e à pessoas carentes que passam pela rua e pede. Para mim é um prazer estar plantando, podendo doar a quem precisa e aproveitar o tempo ocioso da minha pena”, enfatiza o reeducando.

O prefeito de Cáceres, Francis Maris Cruz, explicou que já foram licitadas a compra de várias mudas para ornamentar praças e canteiros, além de mudas frutíferas. “Essa iniciativa do seu Sales é maravilhosa e vamos incentivar, ele está de parabéns! O Bair já vem atuando em várias frentes de trabalho. A horta comunitária no Pátio da Prefeitura pode servir de terapia, socialização entre os colegas de trabalho, além de contribuir para economia e uma alimentação de qualidade para todas as famílias dos participantes”, finalizou Francis.

Veja Mais


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *