http://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2018/10/palmeiras.jpg

AL Campanha Dezembro 18
Cuiabá, quarta, 19 de dezembro de 2018

LIBERTADORES

Com “fator Felipão”, Palmeiras busca espantar peso de decidir em casa

DA REDAÇÃO / UOL

A melhor campanha da fase de grupos da Libertadores, construída ainda sob o comando de Roger Machado, deu ao Palmeiras o direito de decidir todos os duelos de mata-mata em casa na competição. Mas o que poderia se tornar um peso para o alviverde, que vinha sofrendo com desempenhos instáveis diante de sua torcida, tem sido espantado pelos grandes resultados como visitante e pela habilidade de Felipão em lidar com o favoritismo. É esse o cenário para o jogo contra o Colo-Colo nesta quarta-feira (3), a partir das 21h45, que decidirá uma vaga na semifinal.

O Palmeiras venceu o jogo de ida em Santiago por 2 a 0 e encaminhou a classificação, mas Scolari toma todos os cuidados para evitar que o time baixe a intensidade por causa do placar da primeira partida. O discurso de rejeitar qualquer tipo de vantagem faz parte de uma linha seguida por todo o clube neste ano, de adotar cautela e manter os pés no chão, após um 2017 de ambições muito altas publicamente e nenhum troféu conquistado. 

As partidas de oitavas de final contra o Cerro Porteño também servem bem para ilustrar a situação vivida pelo Palmeiras. O time alviverde venceu por 2 a 0 o jogo de ida em Assunção e chegou bem mais tranquilo para a partida no Allianz. O clima no estádio era não de apreensão, mas de apoio e ânimo. A expulsão de Felipe Melo logo aos 3 minutos de jogo, porém, quase fez tudo ir por “água abaixo”. O exemplo já foi usado por Felipão como mostra de que a parada contra o Colo-Colo não está decidida.

FICHA TÉCNICA

Palmeiras x Colo-Colo Local: Allianz Parque, em São Paulo (SP)

Data: 03/10/2018 (quarta-feira)

Horário: 21h45 (de Brasília)

Árbitro: Wilmar Roldán (Colômbia)

Assistentes: Cristian de la Cruz e Alexander Guzmán (Colômbia) 

Palmeiras: Weverton; Mayke, Antônio Carlos, Edu Dracena e Diogo Barbosa; Bruno Henrique e Thiago Santos; Willian, Moisés e Dudu; Borja. Técnico: Luiz Felipe Scolari.

Colo-Colo: Orión; Zaldivia, Barroso e Insaurralde; Opazo, Baeza, Carmona e Suazo (Fierro); Valdivia; Morales (Pavez) e Barrios. Técnico: Héctor Tapia

 

Veja Mais


ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO

  • 3 de outubro de 2018 às 14:19:58

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *