http://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2018/10/2725160-ana-maria-braga-afastou-os-rumores-de-br-950x0-2.jpg

Campanha Unimed Novembro
Cuiabá, segunda, 19 de novembro de 2018

NA JUSTIÇA

Ana Maria Braga trava batalha judicial pela 'guarda' do Louro José

ESTADÃO CONTEÚDO

Reprodução

A 3.ª Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) mandou a Justiça de São Paulo julgar uma ação na qual a apresentadora da TV Globo Ana Maria Braga pleiteia indenização de dois artistas que teriam reivindicado a “maternidade” do Louro José. Em sessão nesta terça-feira, 16, os ministros da Corte decidiram que Ana Maria pode questionar os direitos autorais sobre o boneco na Justiça.

A apresentadora havia pedido o reconhecimento da criação do fantoche, além de uma indenização de R$ 650 mil e os direitos autorais. A 1.ª instância da Justiça em São Paulo rejeitou o processo movido por Ana Maria e pelo ex-marido contra os dois artistas.

A relatora da ação no STJ, ministra Nancy Andrighi, votou para que o processo retorne a seu andamento regular na 1.ª instância. A ministra foi acompanhada por seus pares, por unanimidade. 

(Com Agência Estado)

Veja Mais


ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO

  • 16 de outubro de 2018 às 17:13:56
  • 16 de outubro de 2018 às 17:08:39

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *