http://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2018/11/WhatsApp-Image-2018-11-08-at-18.52.07.jpeg

Al Campanha Novembro
Cuiabá, segunda, 19 de novembro de 2018

SISTEMA FAMATO

Jovens produtores rurais são premiados pelo Sistema Famato

LIVRE

Assessoria

O Sistema Famato premiou na tarde desta quinta-feira (08/11) seis fazendas referências na atuação de jovens produtores rurais na gestão, com idades entre 23 e 40 anos. Duas delas, a fazenda Cristalina, de Campo Verde, e a Lagoa Dourada, de Poconé, foram as grandes vencedoras na categoria estadual. A cerimônia aconteceu no auditório da Famato, em Cuiabá.

Esta é a quarta edição do Prêmio Sistema Famato em Campo. Entre os critérios para a escolha das propriedades rurais estavam a atuação do jovem produtor da fazenda, o equilíbrio entre a gestão, sustentabilidade econômica e responsabilidade com o meio ambiente, serviços sociais prestados, diferenciais trabalhistas, manejo técnico, inovações, diversificação, produtividade e rentabilidade na produção agrícola e pecuária.

As fazendas Cristalina e Lagoa Dourada foram premiadas com troféu e a participação de um representante em uma missão técnica que será promovida pelo Sistema Famato em 2019.

Além das duas vencedoras, foram premiadas com um troféu “Destaque Regional” as outras quatro finalistas: do médio-norte do estado a fazenda Ernestina, de Sorriso; do norte a fazenda Gamada, de Nova Canaã do Norte; da região centro-sul a Suinobras Alimentos, de Diamantino, e do sudeste do estado a Agropecuária Rio Manso, de Campo Verde.

“Este prêmio é importante para conhecermos a geração que vai dar continuidade ao nosso trabalho. Mais do que falar de sucessão, o objetivo é mostrar aos jovens que o agro tem muitas oportunidades. Parabéns para todos os participantes”, disse o presidente do Sistema Famato, Normando Corral.

O produtor rural, Pedro Tomazelli, 31 anos, da fazenda Cristalina, é filho de produtor e fruto de um processo de sucessão familiar que vem dando certo. Há sete anos, iniciou o trabalho de gestão no grupo agropecuário, onde começou como estagiário. É agrônomo, com mestrado em Ciência e Tecnologia de Sementes. Ocupa o cargo de gerente e é responsável pela comercialização e controle de qualidade.

O grupo agropecuário está localizado na propriedade Cristalina e está dividido em três empresas: Produsol (parte agrícola), Canindé (atuação na pecuária) e DTI – Agro-Sol Sementes (responsável pelo beneficiamento de semente de soja). O grupo é liderado por sócios, os quais o pai de Pedro, Gladir Tomazelli, é um deles.

Pedro começou como responsável técnico da parte agrícola, com participação direta no manejo do campo, onde conseguiu atingir o patamar de sustentabilidade econômica, de gestão e ambiental na propriedade.

Veja Mais


ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO

  • 9 de novembro de 2018 às 10:39:21

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *