http://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2018/12/CasalMendes.jpg

Shopping Popular
Cuiabá, sábado, 15 de junho de 2019

REFLEXÃO TOTAL

Primeira-dama assume empresas de Mauro e faz indicação pessoal na Setas

DIEGO FREDERICI

Emanuelle Rigoni

A futura primeira dama de Mato Grosso, Virgínia Mendes, publicou uma nota na tarde desta terça-feira (18) comunicando que não irá comandar a Secretaria de Estado de Trabalho e Assistência Social (Setas-MT) na gestão de seu marido, o governador eleito em 2018 Mauro Mendes (DEM). No texto, Virgínia Mendes explicou que tomou a decisão “em família”, e que suas “responsabilidades” junto às empresas do governador não permitiriam se dedicar à função pública.

“Queridos amigos, eu, o Mauro, juntamente com nossos dois filhos mais velhos Ana e Luis, conversamos muito. E após refletir bastante decidi não assumir cargo no Governo do Estado. Essa foi uma decisão que tomei baseada em vários aspectos. No momento, minhas atribuições na empresa não permitem com que eu me dedique de forma integral à função pública. Além disto, Maria Luiza, a caçula, ainda é muito pequena e como mãe preciso priorizar as necessidades dela também”, diz trecho da nota.

O governador Mauro Mendes escolheu como secretária a ex-superintendente de Qualificação Profissional da própria Setas-MT, Rosamaria de Carvalho, que atuou na pasta entre 2003 a 2013. Virgínia Mendes destacou que além de ser pedagoga, com pós-graduações nas áreas de Educação em Saúde Pública e Supervisão Escolar, Rosamaria também é “mãe e avó”.

A futura primeira dama ressaltou ainda que a gestora foi “escolhida diretamente” por ela. “A pessoa que irá conduzir a Secretaria de Estado de Trabalho e Assistência Social (Setas) foi escolhida diretamente por mim. Com muito critério escolhi Rosamaria como secretária da Setas, pois confio e sei que ela irá desempenhar essa função com total competência. É mãe, avó, uma mulher que sempre batalhou muito, rompeu barreiras a vida toda”, sublinhou Virgínia Mendes.

A futura primeira dama também informou, por fim, que terá uma “atuação conjunta” com Rosamaria Carvalho nos rumos da Setas-MT. “Independente de cargo, reafirmo meu compromisso em trabalhar e ajudar da melhor forma possível ao meu estado de Mato Grosso, que tanto amo e a toda nossa gente. E assim como fiz na Prefeitura de Cuiabá, ajudarei Mauro e todos os secretários nessa missão. Serei parceira da Rosa junto à Setas e com certeza teremos uma atuação conjunta na área social”, destaca.

 

NOTA PÚBLICA

Queridos amigos, eu, o Mauro, juntamente com nossos dois filhos mais velhos Ana e Luis, conversamos muito, como sempre fazemos em relação a todas as decisões que impactam na nossa família. E após refletir bastante decidi não assumir cargo no Governo do Estado. Essa foi uma decisão que tomei baseada em vários aspectos.

No momento, minhas atribuições na empresa não permitem com que eu me dedique de forma integral à função pública. Além disto, Maria Luiza, a caçula, ainda é muito pequena e como mãe preciso priorizar as necessidades dela também.

A pessoa que irá conduzir a Secretaria de Estado de Trabalho e Assistência Social (Setas) foi escolhida diretamente por mim, baseada em critérios como capacidade técnica e profissional, dedicação e, especialmente, sensibilidade, pois esta é uma Pasta que lida com pessoas em situações de extrema vulnerabilidade e exige esse olhar humano ao próximo.

Com muito critério escolhi Rosamaria como secretária da Setas, pois confio e sei que ela irá desempenhar essa função com total competência. É mãe, avó, uma mulher que sempre batalhou muito, rompeu barreiras a vida toda. Já tivemos a oportunidade de juntas coordenar o Siminina, na Prefeitura de Cuiabá, e todos sabem o quanto o programa avançou naquele período.

Rosamaria é graduada em Pedagogia e habilitada para o magistério de Filosofia e Sociologia pela UFMT, com duas Pós-graduações: Educação em Saúde Pública e Supervisão Escolar. Atuou como professora nos colégios CIE de Rondonópolis (MT) e Rui Barbosa de Campestre (MG); assessora pedagógica na APAE do município de Campestre (MG) e por dez anos foi Superintendente de Qualificação Profissional da Secretaria de Estado de Trabalho e Assistência Social (Setas), entre os anos de 2003 até 2013.

Independente de cargo, reafirmo meu compromisso em trabalhar e ajudar da melhor forma possível ao meu estado de Mato Grosso, que tanto amo e a toda nossa gente.

E assim como fiz na Prefeitura de Cuiabá, ajudarei Mauro e todos os secretários nessa missão. Serei parceira da Rosa junto à Setas e com certeza teremos uma atuação conjunta na área social.

Quero aproveitar e agradecer primeiramente a Deus, pois ELE sempre me conduz em todas as minhas decisões. Em seguida, ao meu esposo e companheiro que me fez o convite e a todos os amigos que sempre torceram por mim que queriam que eu assumisse. Muito obrigada de coração. E Tamo Junto!

Virgínia Mendes    


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *