http://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2018/12/mauro-mendes-e-pedro-taques-avaliam-reducao-da-tarifa-de-onibus-por-meio-da-isencao-de-icms.jpg

Campanha Shopping Popular - Março 19
Cuiabá, quinta, 21 de março de 2019

CAIXA FURADO

Justiça dá 72 horas para Taques explicar atraso em 13º, mas deve sobrar para Mauro Mendes

Reprodução

O Sindicato dos Servidores Públicos da Saúde de Mato Grosso (Sisma) entrou com um pedido de liminar na Justiça para que o Estado pague, imediatamente, o décimo terceiro salário dos servidores (que fazem aniversário em novembro e dezembro e comissionados) com juros e danos morais. A Justiça deu 72h para o Estado se manifestar.

No entanto, se o Estado for se manifestar no tempo dado a ele, as horas só terminam no próximo ano. O Estado está em feriado prorrogado. O prazo só começará a contar depois de quarta-feira (26), se ocorrer a notificação. Depois disso, o prazo de 144 horas (por se tratar de ente público) começa a contar, o que deve terminar nos primeiros dias da gestão Mauro Mendes (DEM).

O Governo do Estado já informou que aguarda o pagamento do Auxílio Financeiro para Fomento das Exportações (FEX) pelo Governo Federal para terminar de pagar o 13º salário do servidores públicos estaduais. No total, a folha do 13° deste mês soma R$ 127 milhões. Os servidores efetivos recebem conforme o mês de aniversário.

Devido à crise financeira, os salários do mês de novembro já foram escalonados. No dia 10 deste mês foram pagos os servidores que recebem até R$ 6 mil líquidos, no dia 19 os que recebem até R$ 10 mil e em seguida o restante dos servidores.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *