http://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2019/01/alair-ribeiro.jpeg

AL Perto de Você - Janeiro 19
Cuiabá, quinta, 17 de janeiro de 2019

SEM BIOMETRIA

Sem biometria, mais de 12 mil eleitores podem ter títulos cancelados

Alair Ribeiro

Mais de 12 mil eleitores de Mirassol d’Oeste, a 329 km de Cuaibá, podem ter o título cancelado caso não façam o recadastramento biométrico, segundo o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MT). Dos 19,5 mil eleitores regulares do município, apenas 33% fizeram a biometria.

O recadastramento no município pode ser feito até o dia 29 de março.

O atendimento aos eleitores está sendo realizado de segunda a sexta-feira, das 07h30 às 13h30, no Cartório da 18ª Zona Eleitoral.

A Justiça Eleitoral orienta os eleitores que não deixem para buscar atendimento nos últimos dias, evitando filas e eventuais transtornos.

O eleitor com o título cancelado não poderá:

  • se inscrever em concurso ou prova para cargo ou função pública, investir-se ou empossar-se neles;
  • obter passaporte ou carteira de identidade;
  • renovar matrícula em estabelecimento de ensino oficial ou fiscalizado pelo governo;
  • participar de concorrência pública ou administrativa da União, dos estados, dos territórios, do Distrito Federal ou dos municípios, ou das respectivas autarquias.

Documentos necessários

Para fazer a revisão, o cidadão deve apresentar, obrigatoriamente, um documento oficial de identidade com foto (RG, CNH, Carteira de Trabalho, Carteira Profissional, por exemplo) e comprovante de residência (conta de luz, água, telefone, boleto de IPTU, contrato de aluguel).

Segundo o TRE-MT, os comprovantes devem estar em nome do requerente, de seu cônjuge ou companheiro (a) ou de parente seu em linha reta consanguínea, até o 2º grau (pais, filhos, avós, netos).

No caso de homens com mais de 18 anos que solicitação a primeira via do título (alistamento) é necessário também apresentar o comprovante de quitação com o serviço militar.

Veja Mais


ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO

  • 10 de janeiro de 2019 às 18:13:51
  • 10 de janeiro de 2019 às 18:13:47

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *