http://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2017/02/paulo-taques.jpg

Campanha Shopping Popular - Fev
Cuiabá, sexta, 22 de fevereiro de 2019

OPERAÇÃO BERERÉ

Paulo Taques tenta convencer desembargador sobre sua inocência em acusações de desvio

Gcom

O ex-secretário-chefe da Casa Civil, Paulo Taques passou o inicio da tarde desta segunda-feira (14) no gabinete do desembargador do Tribunal de Justiça, José Zuquim Nogueira. Informações dão conta que eles conversaram sobre a ação penal oriunda da Operação Bereré e Bônus, que apura um esquema de desvio de mais de R$ 30 milhões do Departamento Estadual de Trânsito (Detran).

Bônus, na verdade, foi a segunda fase da Operação Bereré. Fontes da coluna afirmam que Taques estaria tentando convencer o desembargador da sua inocência. Ele foi preso três vezes em duas operações, uma no caso que ficou conhecido como Grampolândia Pantaneira e dois vezes pela na Bereré. 

Segundo a denúncia, o esquema teria começado na gestão Silval Barbosa e teria continuado via Paulo Taques na gestão Pedro Taques (PSDB).

Veja Mais


ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO

  • 14 de janeiro de 2019 às 15:57:55
  • 14 de janeiro de 2019 às 15:57:53

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *