Shopping Popular
Cuiabá, quarta, 26 de junho de 2019

Vamos tirar assentados do cabresto da pobreza, diz ministra da Agricultura

A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, pretende organizar em cooperativas os trabalhadores de assentamentos brasileiros. “Vamos tirar esse pessoal do cabresto da pobreza, que só trabalham para sua sustentação, queremos que eles tenham renda, possam ficar ricos”, disse, em entrevista exclusiva.

De acordo com a ministra, o Brasil tem 90 milhões de hectares em assentamentos – o que equivale a 900 mil quilômetros quadrados. “Cooperativados podem melhorar de vida”, afirmou. Entre as prioridades que elenca para a gestão que se iniciou neste mês, estão aumentar e facilitar créditos, baratear a infraestrutura e melhorar o seguro rural.

“Hoje nós temos um problema de crédito, que precisa ser [concedido] de maneira abundante e mais facilitada para o grande e para o pequeno agricultor, com juros razoáveis. Aí entra o ministro [da Economia] Paulo Guedes, para poder fornecer esses instrumentos para produzir mais. Hoje a infraestrutura é caríssima e falta chuva.”

Entre outros objetivos do governo do presidente Jair Bolsonaro está “atrair e trazer o jovem de volta ao campo”, já que a população que trabalha nesse universo está envelhecendo. “A agricultura familiar precisa de todo o apoio e temos que incorporar a isso os assentamentos. Vamos colocá-los na produção, com dignidade, sem precarizar.”

Da redação, com informações da Jovem Pam.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *