http://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2019/02/07cd73cda9ddf77000ef35b6f51fa689.jpg

Campanha Radar Abril 19
Cuiabá, quarta, 24 de abril de 2019

4 CRIMES

Polícia vai indiciar ex-namorado de professora

JAD LARANJEIRA

Reprodução

A Polícia Civil vai indiciar por quatro crimes o ex-namorado da professora Rosângela Silva, encontrada morta na noite desta quinta-feira (7) entre Nova Mutum e São José do Rio Claro.

A informação é do delegado Rodrigo Costa Rufato, da Delegacia de Homicídios e Proteção às Pessoas (DHPP). 

Rosângela estava desaparecida desde o dia 25 de janeiro, quando foi vista entrando no carro do suspeito, Alessandro Lautenschleger, que foi preso no último dia 31, em Foz do Iguaçu (PR). A suspeita era de que ele fugiria para o Paraguai.

Segundo Rodrigo Costa, agora, com a localização do corpo de Rosângela, existem elementos para que o homem seja indiciado por quatro crimes: feminicídio, ocultação de cadáver, violação de domicílio e descumprimento de medida protetiva.

“Ele ainda está preso em Foz do Iguaçu, aguardando o recambiamento, que deve ocorrer através do sistema prisional. Ele até então permanece em silêncio, não colaborou na localização do corpo”, disse.

O corpo de Rosângela foi encontrado em estado parcial de decomposição, em uma região de mata fechada, próximo à ponte do Rio Arinos.

“Nós conseguimos identificá-la pelas roupas que usava, que nós já sabíamos quais eram, os objetos como relógio e anéis e também pelas tatuagens. O corpo estava coberto apenas com um lençol sobre ela e alguns galhos jogados por cima”, contou.

A Politec esteve no local e encaminhou o corpo da professora para Sorriso para os exames de necropsia e posteriormente deve ser liberado para o velório.

Ainda não há uma data de retorno do suspeito para Mato Grosso.


ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO

  • 9 de fevereiro de 2019 às 13:34:19
  • 9 de fevereiro de 2019 às 01:17:44

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *