http://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2019/04/flu-lec-mer__on.jpg

Campanha Cuiabá 300 anos Shopping Popular
Cuiabá, quinta, 18 de abril de 2019

ADEUS COPA DO BRASIL

Debaixo d’água, Luverdense perde para o Fluminense no Maracanã

Olhar Esportivo

O Luverdense visitou o Fluminense pela terceira fase da Copa do Brasil 2019 na noite desta quarta-feira(10) no estádio Maracanã. A equipe de Lucas do Rio Verde perdeu por 2 a 0 para o Tricolor das Laranjeiras e deixou a competição.

Como era esperado, o Luverdense entrou em campo fechado, com a marcação reforçada para segurar a pressão dos tricolores. Debaixo de uma esperada tempestade no Maracanã, já que os últimos dias têm sido de muita chuva no estado do Rio de Janeiro, o jogo teve o quesito técnico baixo, com muitas dificuldades por conta das poças d’água, que desarmavam os jogadores.
O Luverdense equilibrou a partida após um começo mais forte do Fluminense e o duelo ficou mais pegado, com o campo alagado. Aos 28 minutos, o lateral-direito Da Silva, do Luverdense, levou o primeiro cartão amarelo do jogo.
Logo no início do segundo tempo, aos 3 minutos, o Fluminense abriu o placar de cabeça, com o “baixinho” colombiano Yoni Gonzáles, que recebeu cruzamento de Everaldo e antecipou o goleiro Edson.
O técnico Júnior Rocha logo mexeu e deixou a equipe mais ofensiva. Aos 11 minutos, tirou o volante Lorran e promoveu o meia Júnior Lemos. O jogo novamente se tornou equilibrado. Aos 20 minutos, o volante Bruno Silva, do Fluminense, enfim levou cartão amarelo, após várias faltas cometidas.
Aos 24 minutos, no Luverdense, o artilheiro Wilson Júnior deixou o campo para entrada do meia Dionathan Abu, deslocando Lucas Braga para o ataque.
A drenagem do “maraca” funcionou e o jogo ficou mais movimentado na reta final, com jogadas desenvolvidas. Aos 35 minutos, a primeira substuição do técnico Fernando Diniz, tirou o meia Ganso e colocou volante Dodi.
Pouco depois, com mais velocidade, o Fluminense ampliou e “matou” o jogo. O atacante Luciano fez 2 a 0, após linda assistência do volante Allan.
No LEC, o meia Samuel entrou no lugar do lateral-esquerdo Jefferson Recife. No Flu, o atacante Mateus Gonçalves foi para a vaga de Everaldo e Daniel no lugar de Allan.
Por fim, o Luverdense lutou para chegar mais longe na Copa do Brasil, mas sai de cabeça erguida com a melhor campanha mato-grossense na competição nacional.
Escalações
Fluminense: Rodolfo; Gilberto, Nino, Matheus Ferraz e Caio Henrique; Allan(Daniel), Bruno Silva e Ganso(Dodi); Luciano, Yony e Everaldo(Mateus Gonçalves). Técnico: Fernando Diniz.
Luverdense: Edson, Da Silva, Helder, Lucão e Jefferson Recife(Samuel); Moisés, Lorran(Júnior Lemos) e Kauê; Igor, Wilson Júnior(Dionatan Abu) e Lucas Braga. Técnico: Júnior Rocha.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *