https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2018/06/Lavoura-de-soja.jpg

1,58%

Soja abre a semana em queda no Brasil

Reprodução

Segundo apurou a pesquisa diária do Cepea (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada, da USP), os preços da soja no mercado físico brasileiro fecharam a segunda-feira (1º.07) com preços médios da soja nos portos do Brasil sobre rodas para exportação caindo 0,45% nos preços médios sobre rodas nos portos, para R$ 81,61/saca.

De acordo com a T&F Consultoria Agroeconômica, isso reduziu as perdas de julho no s terminais portuários brasileiros para 1,45%. Nas praças de vendas no interior do País, os preços caíram 0,45%, para R$ 75,36/saca, o que aumentou as perdas de junho para 0,45%.

“A forte queda de 1,58% na cotação de Chicago mais que compensou a estabilidade do dólar nesta segunda-feira (os prêmios permaneceram inalterados), de modo que no final do dia a pesquisa do Cepea registrou baixa. O mercado de Paper em Paranaguá negociou março 30, abril 27, maio 27. Na Argentina foi negociado cargo Jul/Ago a +45”, comenta o analista da T&F, Luiz Fernando Pacheco.

FUNDAMENTOS

Um dos fatores que mais pesa na formação do preço da soja no Brasil, a cotação do futuro da oleaginosa em Chicago despencou no início da semana com a melhora do clima (veja mais aqui). Na visão dos especialistas em mercado, isso pode ter reflexos nos próximos dias no preço do mercado nacional.

“O USDA informou que 54% da safra de soja tinha condição boa ou excelente até a semana passada estável em relação à semana anterior. Na época correspondente do ano passado, essa parcela era de 71%. O plantio da soja estava 92% concluído, ante 99% na média de cinco anos. O USDA disse também que 83% da safra tinha emergido, em comparação a 95% na média”, acrescenta Pacheco.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja Mais