https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2015/09/MAIANA1.jpg

CASO MAIANA

Advogado entra com atestado médico e júri de acusados é adiado

Júri de acusado de matar Maiana é adiado. Foto: Reprodução

O júri de um empresário e dois homens acusados de matar e esconder o corpo de Maiana Mariano Vilela, de 17 anos, foi transferido para o dia 5 de outubro.

A informação é da assessoria do Tribunal de Justiça de Mato Grosso.

Segundo a assessoria, o advogado do empresário, Waldir Caldas, apresentou atestado médico alegando problemas de saúde.

O atestado vale por 10 dias.

Com isso, o júri que deveria ser realizado nesta quinta-feira (24) acabou sendo adiado.

Júri de acusado de matar Maiana é adiado. Foto: Reprodução

Júri de acusados de matar Maiana é adiado. Foto: Reprodução

O CASO

Segundo a denúncia feita pelo Ministério Público do Estado (MPE), o empresário Rogério da Silva Amorim, 41 anos, contratou o vigilante Paulo Ferreira Martins, 43 anos, para assassinar a jovem.

O empresário e a adolescente mantinham um relacionamento.

Para Paulo cometer o crime, Rogério ofereceu a quantia de R$ 5 mil.

Ainda segundo o MPE, para realizar o plano, Paulo convidou um comparsa.

Carlos Alexandre da Silva, de 23 anos, a quem ofereceu metade pela ajuda.

A polícia teve dificuldades para encontrar a ossada de Maiana, já que ela foi dada como desaparecida.

Ela foi morta numa região de chácaras no bairro Altos da Serra, na Capital.

Rogério teria pedido a jovem para descontar um cheque no valor de R$ 500 e levar para um funcionário nessa chácara.

Lá ela foi assassinada.

A ossada só foi encontrada no dia 25 de maio de 2012.

O motivo do crime, segundo o MPE, é que Maiana e família estariam extorquindo o empresário.

O advogado de Rogério alega inocência do seu cliente.

A defesa de Carlos Alexandre diz que ele teve uma participação menor no crime.

Já o advogado de Paulo não foi localizado. (Com G1/MT)

Foto: Reprodução

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *