https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2015/10/f973655899bccfc631195c153d19d93a.jpg

SÃO BENEDITO

Passa de 500 o número de cirurgias em hospital público de Cuiabá

Em 77 dias de funcionamento, o Hospital São Benedito, em Cuiabá, realizou 509 cirurgias de ortopedia e neurologia.

Com isso está zerada na Capital a fila de espera para cirurgias neurológicas e não há mais casos crônicos de cirurgias de ortopedia na lista de espera.

Os números foram apresentados nesta terça-feira (06.10) ao governador Pedro Taques, pelo prefeito de Cuiabá, Mauro Mendes (PSB), e a equipe médica que administra o hospital.

A convite do chefe do Executivo municipal, Taques foi in loco conhecer os resultados obtidos pela recém inaugurada unidade hospitalar – aberta com ajuda de recursos do Estado, município e Governo Federal.

Aberto desde o dia 21 de julho, o hospital São Benedito atende hoje pacientes da Capital e do interior.

No primeiro mês de funcionamento, em agosto, 67% dos pacientes atendidos na unidade eram de Cuiabá e 33% do interior.

Já no mês passado esse cenário se alterou e a maioria (58%) era de pacientes do interior, sendo o restante (42%) de Cuiabá.

Com cirurgias de alta complexidade de neurologia, ortopedia, bariátrica e cardiovascular, o hospital público atende, em sua maioria, pacientes homens, na faixa etária entre 30 a 59 anos, que sofreram acidente com motocicletas ou de trabalho.

Era justamente essa parcela de pacientes, de acordo com o responsável pela gerência da unidade de saúde, Jorge Lafetá, a que mais demandava cirurgias ortopédicas no Pronto-Socorro de Cuiabá.

“Com esses números obtidos pelo hospital estamos diminuindo a judicialização [decisões judiciais obrigando o poder público a fornecer medicamentos, equipamentos e cirurgias] da Saúde. Em 2014 foram bloqueados dos cofres do Estado, por meio de liminares, cerca de R$ 97 milhões e até o mês de agosto desse ano foram R$ 12 milhões, o que é uma redução significante”, declarou o governador.

Para o prefeito Mauro Mendes, a proposta de trazer o governador ao hospital é uma forma de mostrar o quanto a ajuda do governo estadual tem dado resultado no sistema público de saúde de Cuiabá.

“Quero destacar ainda que a ajuda do Estado tem sido, hoje, além do que tem sido feito ao São Benedito. A cada dois meses são repassados R$ 5,6 milhões para construção do novo Pronto Socorro de Cuiabá”, disse Mauro Mendes.

Pedro Taques também destacou o papel do governo junto aos municípios.

“O Estado obrigatoriamente tem que ajudar os municípios. Para ajudar a diminuir o fluxo de atendimento na Capital, estamos em Várzea Grande realizando uma reorganização do Hospital Metropolitano e ajudando as policlínicas a atenderem um número maior de pacientes para, assim, desafogar também o Pronto-Socorro”, explicou Pedro Taques.

Além do governador, representantes do Judiciário, como a desembargadora Maria Erotides, estiveram presentes na visita ao Hospital São Benedito.

Foto: Assessoria/Gecom

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *