CPI DOS INCENTIVOS FISCAIS

Delator que desmontou esquema de Silval Barbosa será ouvido na Assembleia

A CPI dos Incentivos Fiscais da Assembleia Legislativa deve ouvir às 14h, desta quinta-feira (8), no auditório Milton Figueiredo, João Batista Rosa.

O empresário é responsável por desmontar um suposto esquema de concessão irregular de benefícios fiscais para empresas de Mato Grosso.

Rosa, segundo as investigações da Operação Sodoma, realizada pela Delegacia Fazendária, obteve durante a gestão Silval Barbosa (PMDB) a renúncia fiscal para suas empresas de forma ilegal, afim de que pudesse pagar propina para o grupo do ex-governador.

A CPI encaminhou um requerimento à Justiça solicitando as declarações realizadas por Batista. Ele apontou os responsáveis pelo esquema dos incentivos fiscais em Mato Grosso.

Por causa da delação feita por Batista, Silval Barbosa, o ex-secretário da Casa Civil, Pedro Nadaf (PR), e o ex de Fazenda, Marcel de Cursi, estão presos no Centro de Custódia de Cuiabá há mais de 20 dias.

Os três ainda não conseguiram junto à Justiça a liberdade.

Silval prestou depoimento na última terça-feira (6), mas não respondeu a nenhuma das perguntas feitas pelos deputados.

O ex-governador foi orientado por seus advogados de que qualquer declaração na CPI poderia comprometer o andamento da ação na Justiça contra ele.

Para a próxima semana está confirmada a oitiva com o ex-secretário Marcel de Cursi, que irá depor no dia 15 (quinta-feira), às 14h, no auditório Milton Figueiredo.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *