https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2015/10/josé-riva-dois-dois1.jpg

3ª VEZ NO ANO

Ex-presidente da Assembleia Legislativa, Riva volta a ser preso pelo Gaeco

Divulgação

O ex-presidente da Assembleia Legislativa, ex-deputado José Riva, foi preso, agora há pouco, no bairro Goiabeiras, em Cuiabá.

A prisão foi decretada pela juíza Selma Rosane Arruda, da Vara de Combate ao Crime Organizado.

Riva deve ser encaminhado ao Centro de Custódia de Cuiabá.

Além de José Riva, mais dois servidores da Assembleia Legislativa também teriam sido presos.

A prisão é em decorrência da primeira fase da Operação Metástase, que apurou um suposto esquema de desvio de dinheiro público nas verbas de suprimentos.

Riva e mais dois servidores, que também foram presos nesta terça-feira (13), são acusados de comandar o suposto esquema, que já teria desviado em torno de R$ 2 milhões, no período em que o ex-deputado foi presidente da Casa.

Segundo o Gaeco, esses dois servidores seriam os operadores do suposto esquema.

Chegamos até eles por meio dos depoimentos colhidos na primeira fase e também devido à análise dos documentos frutos de busca e apreensão. Nosso objetivo é zelar pelo bem público punindo os líderes deste esquema”, pontua o promotor.

A investigação feita na Operação Metástase diz que as fraudes aconteceram por meio de compras fictícias de marmitas e materiais gráficos com a utilização de verbas de suprimentos, entre os anos de 2011 a 2014.

O benefício poderia chegar até R$ 4 mil.

A verba foi extinta pela atual Mesa Diretora da Casa de Leis.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *