https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2015/10/UFMT-e1534776953962.jpg

MAIOR PARALISAÇÃO EM MT

Após 137 dias em greve, professores da UFMT retomam aulas na segunda (19)

Divulgação

Após assembleia geral nesta quarta-feira (14), os professores da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) encerram a greve, que durou 137 dias onde atingiu em torno de 20 mil estudantes dos campi de Sinop, Barra do Garças, Cuiabá e Rondonópolis.

Na pauta de reivindicações da categoria estão reajuste salarial de 27%, autonomia das decisões das universidades federais e a reestruturação da carreira.

Segundo o comando de greve, o governo federal não atendeu aos apelos e só teria dado 5% de aumento, o que acabou sendo aceito hoje pela categoria.

Esta passa a ser a maior greve da história da UMFT, já que em 2012 a paralisação chegou a 126 dias sem atividades em busca de um aumento salarial.

A greve será encerrada no dia 16 de outubro, na próxima sexta-feira, e as aulas serão retomadas na próxima segunda-feira, dia 19 de outubro.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *