https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2015/09/assessoria-vlt-e1534283132799.jpg

PEPINO BILIONÁRIO

Construtora responsável pelas obras do VLT em MT é colocada à venda, diz revista

Divulgação

A Construtora CR Almeida, uma das construtoras responsáveis pelas obras do VLT em Cuiabá e Várzea Grande, está sendo vendida. A empresa faz parte do Consórcio VLT, que compreende ainda mais quatro empreiteiras.

A informação é da Exame, principal revista do país sobre assuntos econômicos.

O império construído pelo empreiteiro paraense Cecílio do Rego Almeida no final dos anos 50 será vendido neste mês de outubro para pagar dívidas.

Cecílio morreu em 2008, de infarto, e ao longo desses anos construiu uma fortuna avaliada em R$ 5 bilhões.

A CR Almeida e uma construtura são donos de um negócio muito lucrativo. A da concessão das EcoRodovias no estado de São Paulo.

Com a venda da CR Almeida é possível que os filhos, herdeiros do negócio de Cecílio Rego de Almeida, consiga pagar as dívidas. (Leia mais aqui)

A venda da CR Almeida, caso seja concretizada, traz uma dúvida muito grande quanto ao ainda incerto futuro do VLT.

O VLT deveria ter sido entregue em junho de 2014, antes mesmo do início dos jogos da Copa do Mundo em Cuiabá.

Entretanto, os sucessivos atrasos levaram o governo a fazer um aditivo prevendo o término para 31 de dezembro do mesmo ano.

Porém, as obras foram paralisadas antes mesmo deste prazo.

A atual gestão estadual discute a questão na Justiça, visto que o consórcio construtor cobra, pelo menos, R$ 800 milhões para a finalização da obra.

O consórcio VLT Cuiabá venceu a licitação realizada em junho de 2012, na modalidade do Regime Diferenciado de Contratação (RDC), que não permite aditivos, por R$ 1,447 bilhão.

Deste total, R$ 1,066 bilhão já foram pagos.

O último capítulo desta interminável novela é a contratação de uma empresa para fazer auditoria daquilo que o Consórcio VLT pede para retomar as obras.

Foto: Assessoria

Veja Mais

Um comentário em “Construtora responsável pelas obras do VLT em MT é colocada à venda, diz revista”

  1. Mendes disse:

    Gostei da matéria, algo que tem incrementado o nosso conhecimento, Gostaria de mais matéria como essa. Convido você a visualizar o meu site.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *