https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2015/10/Policia_civil-e1490622227905.jpg

FORA DE CIRCULAÇÃO

Polícia Civil prende 3º assaltante e esclarece roubo em joalheria em Cuiabá

Divulgação

O terceiro integrante do bando que roubou uma joalheria no bairro Quilombo, em Cuiabá, teve o mandado de prisão cumprido, pela Polícia Judiciária Civil, na segunda-feira (19.10).

O acusado teve o mandado de prisão decretado pela Justiça após ser identificado nas investigações da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf-Cuiabá) como um dos participantes da ação criminosa.

Os acusados J. M. P. R., 25, e D. P. de B., 25, foram presos em flagrante, menos de 72 horas após o crime.

O roubo aconteceu no dia 30 de setembro.

Dois dos suspeitos se passaram por trabalhadores para aguardar a chegada da proprietária da empresa e por volta das 8 horas, os homens armados renderam a vítima e invadiram a loja.

Dentro do estabelecimento, duas funcionárias também foram rendidas e ficaram sob constante ameaças dos criminosos que roubaram grande quantidade em joias e dinheiro.

Após o roubo, os assaltantes algemaram as vítimas em uma mesa e fugiram do local.

Toda a ação dos criminosos foi registrada pelo circuito interno de segurança da empresa. Assim que foi acionada, a equipe de investigadores da Derf iniciou as investigações e com auxílio de câmeras de segurança da região conseguiu identificar um dos veículos utilizados na fuga.

Em diligências contínuas os suspeitos J. M. P. R. e D. P. de B. foram presos em flagrante com uma motocicleta e um veículo Siena utilizado no roubo.

Na delegacia, J. M. P. R. foi seguramente reconhecido pelas vítimas, além de ter sido apreendido com ele algumas das peças roubadas.

O suspeito D. P. de B. é dono do veículo utilizado no roubo e foi indiciado como partícipe no crime.

No decorrer das investigações, o outro suspeito foi identificado como o segundo suspeito de invadir a loja e praticar o roubo.

Ele teve o mandado de prisão temporária representado pelo delegado Ferdinando Frederico e Murta e decretado pela 4ª Vara Criminal de Cuiabá. Policiais da Derf conseguiram localizar o suspeito no Centro de Cuiabá, onde teve a prisão cumprida.

Além de confessar a autoria do crime, o acusado foi reconhecido pelas vítimas como um dos assaltantes.

De acordo com o delegado, mesmo com a prisão de todos os autores do crime, as investigações continuam.

“O objetivo agora éidentificar os receptadores do material roubado, considerando que grande parte dos produtos ainda não foi recuperado”, destacou o delegado.

Foto: Divulgação

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *