CASA DOS HORRORES

TCE julga contas de ex-vereador irregulares e ainda manda devolver mais de R$ 1 milhão

O Tribunal de Contas do Estado julgou irregulares as contas anuais de gestão da Câmara de Cuiabá sob a responsabilidade de João Emanuel Moreira Lima no exercício de 2013.

O Tribunal de Contas de Mato Grosso julgou o processo na sessão plenária desta terça-feira (21/10).

O relator, conselheiro substituto Luiz Carlos Pereira, apontou falhas graves na gestão que levaram o Pleno a declarar o ex-gestor inabilitado para ocupar cargos na administração pública durante cinco anos.

João Emanuel e uma gráfica devem restituir o erário no valor de R$ 1,3 milhão, devido à não entrega de materiais cujas notas foram pagas, descumprindo do contrato n°1/2013, objeto de investigação na Justiça.

O ex-presidente da Câmara de Cuiabá ainda deve restituir o valor de R$ 334.644,15 decorrente das demais falhas identificadas que também levaram à aplicação de multa no valor total de 2232 UPF.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *