https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2015/09/silval-56-e1565730302927.jpg

OUÇA ÁUDIO

Depoimento de delator da ‘Sodoma’ junto à Justiça pode inocentar Silval

Divulgação

Foto: Divulgação

O depoimento do empresário João Batista Rosa, dono da Tractor Parts, pode ajudar o ex-governador Silval Barbosa (PMDB) fazer sua defesa junto ao Poder Judiciário.

Rosa é delator do suposto esquema dos incentivos fiscais em Mato Grosso, onde o peemedebista é citado pelo Ministério Público do Estado como chefão do bando que cometeu uma série de irregularidades na concessão dos incentivos.

No depoimento de João Batista Rosa feito à juíza Selma Rosane Arruda, da 7ª Vara Criminal de Cuiabá, ele diz que nunca entregou ada a Silval Barbosa.

Ainda no interrogatório, Rosa acredita que o Pedro Nadaf, secretário da Casa Civil de Silval, possa ter usado o nome do ex-governador para fazer pressão junto aos empresários para conseguir benefícios, como propina.

Silval está preso desde o dia 17 de setembro. Ele encontra-se no Centro de Custódia de Cuiabá.

Além do ex-governador, Pedro Nadaf e Marcel de Cursi, ex-secretário de Fazenda, também encontram-se na unidade prisional.

A operação Sodoma, desencadeada pela Polícia Fazendária, descobriu que Silval, Nadaf e Cursi, além de outros envolvidos, foram beneficiados com propinas a partir da extorsão feita junto ao empresário João Batista Rosa.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *