ATRÁS DAS GRADES

Líder da maior quadrilha de roubo de cargas em Mato Grosso é preso pela Polícia Civil

O líder e mais um integrante da maior quadrilha especializada em roubos de carga no Estado de Mato Grosso foram presos pela Polícia Judiciária Civil, na quinta-feira e sexta-feira (22 e 23), em ações da Delegacia Especializada de Repressão a Roubos e Furtos de Veículos Automotores (Derrfva), e apoio das Delegacias de Polícia dos municípios de Lucas do Rio Verde (354 km ao Norte) e Nobres (146 km a Médio Norte).

O líder da quadrilha e o comparsa  tiveram os mandados de prisão cumpridos após serem identificados nas investigações da Delegacia de Veículos.

A ação resultou na apreensão de uma carga de óleo de cozinha avaliada em R$ 80 mil, além de dois tratores no valor de R$ 320 mil cada, roubados no dia 19 de outubro, no município de Jaciara.

Segundo o delegado Wagner Bassi Junior, o grupo criminoso vinha sendo investigado desde o início deste ano, pelo envolvimento em pelo menos 18 roubos de cargas e caminhões, que causaram prejuízos às vítimas calculado em aproximadamente R$ 7,3 milhões.

As investigações apontam que o grupo tinha uma organização articulada para prática dos assaltos, em que cada indivíduo tinha sua função.

Os criminosos efetuavam os roubos sempre com a mesma forma de ação.

O caminhão que teria a carga roubada era cuidadosamente escolhido, e passavam a ser monitorado e acompanhado pela quadrilha que aguardavam o momento certo para agir.

Em um veículo menor, a quadrilha seguida o alvo nas rodovias do Estado, e quando o motorista do caminhão diminuía a velocidade em algum trecho, os suspeitos aproximavam com o automóvel, e o integrante conhecido como “Aranha”, que atualmente está preso, subia no caminhão indo até o eixo de ligação com a carreta com a carga e fazia o desligamento entre as partes.

O procedimento fazia com que o motorista parasse o caminhão, momento em que era rendido pelos outros integrantes da quadrilha.

Em seguida a vítima era levada para o cativeiro e libertada onde era mantida por 24 ou 48 horas após o roubo, quando os criminosos conseguiram dar o destino na carga e no caminhão.

Apontado como líder da quadrilha, A. J. da C., foi preso no final da tarde sexta-feira (23.10), em uma residência em Várzea Grande.

No local, os investigadores da Derrfva apreenderam a carga de óleo roubada, no dia 13 de setembro, avaliada em R$ 80 mil.

O acusado estava com dois mandados de prisão expedidos pelas Comarcas de Lucas do Rio Verde e Nobres, pelos crimes de roubo e associação criminosa.

Além de ter as ordens judiciais cumpridas, o criminoso foi autuado em flagrante delito por receptação.

O segundo suspeito preso na ação, Paulino João da Costa, também estava com dois mandados de prisão em aberto pelas Comarcas de Lucas do Rio Verde e Nobres, por roubo e associação criminosa.

Ele foi preso pelos pela equipe da Derrfva, na quinta-feira (22.10), em uma chácara no município de Nossa Senhora do Livramento, de propriedade do líder da quadrilha.

No local, foram localizados os dois tratores roubados escondidos no meio à mata e cobertos por uma enorme lona.

O suspeito foi conduzido a Derrfva e foi autuado pelo crime de receptação.

Para o delegado Wagner Bassi, a quadrilha trabalhava com encomendas das mercadorias.

“As investigações apontam que os caminhões eram levados para outros estados como Rondônia, Mato Grosso do Sul, e Pará, e clonados. Após ser subtraída, a carga era transferida para outro caminhão e levada para o destino final, já que normalmente a mercadoria era sobre encomenda”, explicou o delegado.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *